Comerciário é executado a tiros no centro de Campos Sales por dupla de desconhecidos

Benilson José de Negreiros foi morto a tiros na manhã desta quarta-feira no centro de Campos Sales.  Ele estaria completando 27 anos de idade amanhã dia 22 de abril.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Arquivo/ Caririceara.com

Um homem foi morto a tiros na manhã desta quarta-feira (21) em Campos Sales. O comerciário  Benilson José de Negreiros, que amanhã dia 22 de abril estaria completando 27 anos de idade morreu por volta das 11h25min, após ser atingindo com cerca de cinco disparos de arma de fogo, inclusive atingido na cabeça.

Segundo o registro policial, Benilson não possuía antecedentes criminais. Ele trabalhava com o comerciante “Chico Paraibano”, e residia na Travessa Pereira Filgueiras, 75, Bairro Batalhão, naquela cidade. No momento do crime, o jovem trafegava em uma motocicleta Honda/NXR125 Bros KS de cor azul, placa HXL-2701, inscrição de Campos Sales pela Rua Júlio Norões, quando próximo ao Banco do Brasil,  no bairro Centro  foi surpreendido pelos atiradores que se evadiram antes de serem identificados.

Militares do Policiamento Ostensivo Geral (POG) estiverem no local do crime, onde tomaram conhecimento através de populares que foram ouvidos aproximadamente cinco estampidos de tiros de arma de fogo efetuados por dois indivíduos não identificados ocupantes de uma motocicleta de características não anotadas que fugiram para lugar ignorado.

A PM fez diligências na tentativa de identificar e prender os acusados, mas sem, contudo logra êxito até o fechamento dessa matéria. Ate o momento a motivação para o crime ainda desconhecida. A  Polícia Civil deverá abrir inquérito para investigar o caso.

Reprodução autorizada mediante citação da Agência Caririceara

 

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados