Conselho da Mulher Cratense defende a permanência das mulheres presas na cadeia Pública do Crato

Diante da possibilidade de uma possível transferência das presidiárias da cadeia pública do Crato para Juazeiro do Norte, o Conselho Municipal dos Direitos da Mulher Cratense tem buscado parcerias com o objetivo de que essas mulheres permanecem em Crato. Na última semana o Conselho junto a Coordenadoria de Mulheres do Estado do Ceará visitou a cadeia pública do Crato e conversou com as presidiárias. Nesta quarta feira (20), deve acontecer uma nova visita junto a Comissão dos Direitos humanos tanto a cadeia do Crato como ao presídio em Juazeiro. O Conselho da mulher entende que as presidiárias devem pagar pelos erros e cumprir com suas penas, mas, que sejam em sua cidade tendo o acompanhamento da família e do advogado.

Sobre esse assunto a Reportagem do Site Caririceara conversou com a Presidente do Conselho da Mulher em Crato Verônica Carvalho……………….

Verônica Carvalho diz acreditar que essa possível transferência quebraria o vínculo familiar……………………………

Foto ilustrativa/Internet
Por: João Vieira/Agência Caririceara.com
*Com colaboração do Radialista Paulo Dimas

Todos direitos reservados a Caririceara.com. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização sob pena, de punição de acordo a Lei dos Direitos Autorais.

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados