CRATO. Consórcio de saúde do município deve 2 milhões e funciona de forma precária

Posto da Grota_ CRATO Foto Jota Lopes-agência Caririceara.com

O Consórcio Público de Saúde da Microrregião do Crato está devendo quase de 2 milhões de reais. A informação é do vereador cratense, Thiago Esmeraldo (PP), que denunciou a situação em reportagem ao site Badalo. Além do débito, os equipamentos que oferecem serviços aos municípios do bloco, Policlínica, Centro de Especialidades Odontológicas (CEO) e transporte sanitário, estão em estado de abandono.

O parlamentar contou que são diversos os problemas. O primeiro deles está na própria gestão da aliança dos 13 municípios, que desde agosto está sem assembleia para definir o novo presidente. Atualmente, por falta da assembleia, que esta a frente do consórcio é o prefeito de Campos Sales, Moésio Loiola.

Os municípios que compõem o consórcio são: Altaneira, Antonina do Norte, Araripe, Assaré, Campos Sales, Crato, Farias Brito, Nova Olinda, Potengi, Salitre, Santana do Cariri, Tarrafas e Várzea Alegre. o que representa uma população superior há 320 mil pessoas que está com atendimento prejudicado. “As pessoas estão ficando sem atendimento especializado e ainda pensam que a culpa é da gestão local, mas os procedimentos são pagos”, destacou Thiago.

O CEO é o equipamento que mais tem sofrido, conforme o denunciante, ele chama atenção para que os prefeitos possam desenvolver uma ação de fiscalização mais específica, visto que o recurso é retido na fonte para custear os atendimentos proporcionais a cada município. Chama atenção ainda da secretaria de saúde do estado do Ceará sobre a situação e pede que providências sejam tomadas no sentido de resolver o problema.

O diretor do CEO do Crato, Walter Brito, admitiu que enfrentou problemas, inclusive com o fornecimento de eletricidade no equipamento, mas que agora há condições de executar as atividades de forma plena para todos os municípios consorciados. Nossa equipe de reportagem não conseguiu contato com o presidente do consócio, Moésio Loiola para se manifestar sobre o assunto, Já o secretário de Saúde do estado Henrique Javí, não respondeu a nossas mensagens.

Com informações do Adriano Duarte/site Badalo

Leia também

Uma resposta

Os comentários estão desabilitados.



WhatsApp Image 2022-06-20 at 16.09.29

Enquete