Crato registra redução de homicídios em março em comparação com o mesmo período do ano passado

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Fotos: Arquivo/ Caririceara.com

O número de Crimes Violentos Letais intencionais (CVLIs), no município do Crato diminuiu em março de 2018. Foram registrados 04 assassinatos nesse período, o que significa uma redução de 20%, comparado ao mesmo período do ano passado, quando foram contabilizados 05 crimes dessa natureza.

Relembre os casos:

Na noite da quarta-feira (15) de março de 2017, o deficiente físico que na sua ficha criminal constam vinte e seis inquéritos policiais, Luiz Antonio dos Santos, o  “Luiz Pezinho”, 35 anos que morava na Rua Francisco de Assis, Bairro Seminário foi executado com dois tiros na cabeça. O crime aconteceu  na Praça quatro Bancos na rua Lavras Mangabeira, no mesmo Bairro onde a vítima residia. Segundo populares, indivíduos não identificados ocupantes de motocicletas de características não anotadas foram aos autores do crime.

24 horas depois, o homem acusado de trafico de drogas, assalto e furto foi morto a tiros no Bairro Cacimbas. A vítima,  Robério Gomes da Silva, 27 anos de idade, apelidado por “Nego Bero”, que residia na Rua 03 de maio, 99, bairro Seminário em Crato, foi atingido com dois disparos no tórax, um no braço e três na cabeça, vindo a óbito no local. Segundo informações colhidas no local pela polícia, o crime foi cometido por um indivíduo que trafegava em uma motocicleta Honda Bros de cor vermelha com branco que empreendeu fuga para lugar ignorado.

No início da tarde da quinta-feira, dia 23,  Claudivan da Silva Sousa, 34 anos morreu ao sofrer seis tiros,  três na região do tórax  e mais três  nas costas. A ação delituosa aconteceu na Rua Mario Teixeira Mendes, nas proximidades do campo do esporte na encosta do Seminário.  Segundo a polícia, o crime foi cometido por um primo da vítima após uma discussão por motivos banais, o nome do acusado ainda não foi divulgado.

No  sábado (25/03), por volta das 09 horas, José Iago Ribeiro Guimarães, foi localizado já em óbito em um matagal a cerca de 10 metros das margens da estrada carroçável de acesso a Chapada do Calange, no Bairro Barro Branco. Ele  residia na rua Ferrer Bezerra  378 , Muriti, possivelmente morto por espancamento. .

Já por volta das 22h15min da terça-feira (28), no centro do Crato, um mecânico com passagens policiais foi assassinado com oito tiros. A vítima, identificada por Antônio Eduardo de Sousa, 25 anos que era mais conhecida por “Dudu dos Olhos Verdes”, morreu ao ser alvejado com um tiro nas costas, quatro no tórax, duas no braço esquerdo e outra na canela direita. O fato aconteceu na rua Coronel Luís Teixeira, imediações do arco da prefeitura. Ele ainda tentou fugir da linha de tiros pulando pra dentro do canal do rio Granjeiro. O mesmo ainda foi socorrido pelo Samu ao Hospital São Francisco de Assis, mas o mesmo veio a entrar óbito ainda no setor de emergência.

Em março de 2018, o iguatense Kennedy Palty Galdino de Araújo, 36 anos de idade, profissão Cambista que residia na Avenida São Sebastião, 1922, Bairro Ossian Alencar Araripe (Caixa d’água) em Crato foi morto a bala por volta das 15h30mmin da quinta-feira (01/03). A ação criminosa ocorreu na Praça Alexandre Arrais, em frente a maternidade do hospital são Francisco, bairro Pimenta. O homicídio foi cometido por indivíduos que fugiram antes de serem sentidos. A polícia não informou se o Cambista possuía ou não, antecedentes criminais.

Na sexta-feira, dia 11 o flanelinha Carlos de Oliveira Santos Filho, 23 anos, o “Carlinhos” como era mais conhecido que morava Avenida Padre Cicero 1058, bairro São Miguel morreu ao ser lesionado com cinco tiros de revolver calibre 38, três  na nuca e dois no tórax. O homicídio ocorreu por volta das 11h00min na Rua Alan Kardec, nas proximidades do Nº 68. O acusado, Kaio Nelson dos Santos Sousa, 27 anos, residente na Rua Alan Kardec, 56, São Miguel, foi preso dias depois e encontra-se recolhido na cadeia publica do Crato

Na tarde da segunda-feira (19), o aposentado, Antonio Higino Teixeira, que era mais conhecido por “Antonio Carreiro” foi assassinado com quatro golpes faca, um no pescoço, duas no tórax e uma nas costas pelo sobrinho,   o desempregado José de Freitas, 50 anos, apelidado por “Dedé” que acabou preso em flagrante delito. O crime aconteceu no interior da casa da vítima,  no Sítio Serraria, Distrito de Bela Vista zona rural de Crato.

Por último, no sábado (24), num matagal no bairro Parque Recreio, o adolescente Carlos Henrique de Araújo Donato, 16 anos, que morava na Rua do Recreio, 379, naquele bairro foi localizado executado com um disparo de arma de fogo  na nuca. De acordo com a equipe policial que estive no local da ocorrência, familiares do jovem assassinado acusam como autor do homicídio, um primo da vitima o qual não teve o nome informado a imprensa para não atrapalhar as investigações.

 

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados