Crediaristas barbalhenses assassinados a tiros no interior de Alagoas.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Foto: Reprodução/WhatsApp

Os barbalhenses Eduardo dos Santos, 21 anos e José Denílson Lima Santos, de 18 foram assassinados a tiros na tarde deste sábado (4), em Lagoa da Canoa, Agreste alagoano. Os dois residiam na Rua T19, no bairro Malvinas, na cidade de Barbalha-CE, e trabalhavam como crediaristas.

O crime aconteceu em um terreno baldio nos fundos de uma maternidade, nas imediações da escola José Rodrigues Filho, na Avenida Antônio Albuquerque. Moradores da região ouviram os disparos e acionaram a Polícia Militar, que ao chegar constatou a morte das vítimas que estavam a cerca de 500 metros de distância do carro usado no trabalho de venda, que foi estacionado em frente à escola. Os corpos foram encaminhados ao Instituto Médico Legal (IML) de Arapiraca, onde foram submetidos à necropsia para posteriormente serem trasladados para Barbalha onde deverão ser sepultados.

A policia diz que embora não se descarte nenhuma outra motivação, mas uma das principais linhas de investigação que deve ser adotada para esclarecer o duplo crime, é que Eduardo e José Denílson podem ter sido vítimas de latrocínio (roubo seguido de morte). A suspeita que o caso seja latrocínio é baseada no fato de que os jovens teriam passado o dia fazendo cobranças e após serem mortos tiveram seus pertences desaparecidos, porém ainda não se sabe como os trabalhadores foram levados até o local onde foram mortos.

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados