Cursos de Direito da Urca estão entre os melhores do Brasil

Cursos de Direito da Urca FOTO GOV. CEARA - DIVULGAÇÃO

Os cursos de Direito da Universidade Regional do Cariri (Urca) em Crato e Iguatu mais uma vez recebem reconhecimento da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), e estão entre os melhores cursos do Ceará e do Brasil, através do Exame da Ordem Unificado (EOU).

Este é o quinto ano desse reconhecimento, possibilitando à Urca o Selo OAB Recomenda. Em Iguatu, a premiação acontece pelo quarto ano. Os cursos estão entre os 192 classificados no Brasil, que conta com cerca de 1.900 cursos superiores de Direito. No Ceará, a Urca figura entre as duas melhores do Estado, ao lado da Universidade Federal do Ceará (UFC), numa classificação que considera instituições públicas e privadas.

O resultado é apresentado pelo Conselho Federal da Ordem de Advogados dos Brasil (CFOAB), em parceria com a Fundação Getúlio Vargas (FGV). Avaliação foi feita em 29 edições, que são realizadas desde 2010. São cinco instituições cearenses entre as mais bem colocadas, de acordo com a taxa de aprovação média entre faculdades.

O reitor da Universidade Regional do Cariri (Urca), Francisco do O’ de Lima Júnior, comemora a premiação. “Tal qualificação traz consigo um conjunto de assertivas na condução da formação integral e consolidada por estes nossos cursos”, afirma.

Segundo o reitor, é possível destacar nesse conjunto o nível de capacitação docente que se fortalece a cada ano; as estratégias e a renovação do projeto pedagógico dos cursos em sintonia com o movimento de aperfeiçoamento e renovação, inserindo temáticas atualizadas como o uso das tecnologias da informação e o Direito; a promoção dos Direitos Humanos; as conexões entre o Direito e a Sustentabilidade; o reforço na qualidade do ensino, da pesquisa e da extensão com base nos conteúdos jurídicos básicos e a dedicação dos estudantes.

“A Urca, cada vez melhor e bem credenciada perante os órgãos e instituições profissionais, reforça seu histórico papel como uma das mais importantes Instituições de Ensino Superior (IES) no interior do Nordeste”, enfatiza Lima Júnior.

Em Crato, no campus São Miguel

“O curso é fruto da luta de homens e mulheres valorosos, fazendo com que essa premiação se tornasse realidade”, diz a coordenadora do curso de Direito em Crato, professora Ana Elisa Linhares de Meneses Braga, ressaltando o apoio da administração para o fortalecimento das ações.

São 42 professores, de um trabalho iniciado ainda em 1981, ano de criação do curso, com professores como Raimundo de Oliveira Borges, Maurílio Peixoto, Emídio Lemos, e Mary Santabaia, Luiz de Borba Maranhão, antes mesmo de ser criada a universidade. Atualmente, o curso conta com 800 alunos.

Campus de Iguatu

A coordenadora do curso de Direito no campus de Iguatu, professora Sarah Carneiro Araújo, afirma que a OAB entregou a sétima edição do Selo Qualidade, uma premiação que representa uma luta histórica da Ordem na defesa da qualidade do ensino jurídico no Brasil. “É uma grande alegria, que demonstra a qualidade de ensino, e também representa o esforço coletivo dos alunos, que devem ser reconhecidos nessa luta histórica”, afirma.

Ela ainda destaca que muitos alunos passam pela aprovação ainda na universidade, já últimos semestres. “De fato, essa premiação representa o que cultivamos ao longo desses anos na instituição, que é a qualidade do ensino”, avalia.

*Governo do Ceará

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-07-28 at 08.57.10

Enquete