Debates, rodas de conversa, oficinas e aulas públicas compõem a programação das ocupações na UFCA

Debates, rodas de conversa, oficinas e aulas públicas compõem a programação das ocupações na UFCA

Há uma semana o campus Juazeiro do Norte da UFCA foi ocupado por estudantes motivados pela mobilização nacional contra a PEC 55, que altera o regime fiscal brasileiro congelando os gastos públicos e está em trâmite no Senado Federal. Desde o início da ocupação, encontros e reuniões estão sendo realizados entre gestão, professores e estudantes, a fim de se compreender o atual momento e dialogar com estudantes e professores pró e contra as ocupações.

Desde o dia 10 de novembro, as aulas no campus Juazeiro do Norte foram substituídas por uma programação com rodas de conversa, aulas públicas, oficinas, debates e apresentações artístico-culturais. No dia 16 de novembro, por exemplo, os estudantes participaram de um grupo de estudo sobre o pensamento antigo e medieval, assistiram a uma apresentação da Orquestra da UFCA, participaram da assembleia livre dos docentes e de uma aula pública sobre autonomia e universidade, ministrada pelo professor Ricardo Salmito (UFCA).

Na terça-feira (15), foi realizado debate sobre machismo, roda de conversa sobre filosofia e gênero, com a professora Camila Prado (UFCA), e aula sobre resistência e verdade em Foucault, com a professora Regiane Collares (UFCA). Nos sete dias de ocupação, as atividades abordaram variados temas e se estenderam para o final de semana e feriado (dia 15 de novembro). Dentre as atividades realizadas estão: palestra sobre Comunicação não violenta, com o defensor público Rafael Villar, oficina de canto e exibição do filme Batismo de Sangue, que conta a história de resistência de Frei Tito à ditadura militar, dirigido por Helvecio Ratton.

Nesta quinta-feira (17), foi realizada uma roda de conversa sobre democratização da mídia, com o professor Alessandro Reinaldo (UFCA). Ainda nesta quinta-feira, o professor Roberto Cunha (UFCA) faz uma análise da PEC 55 e do governo Temer sob a perspectiva d’O Capital, de Marx, e, de noite, será exibido o filme Terra em Transe, do diretor Glauber Rocha.

Campus Crato

O campus Crato da UFCA também está ocupado por estudantes desde o dia 6 de novembro. Lá, as aulas também foram substituídas pela programação da ocupação. Dentre as atividades realizadas estão palestra sobre Ecologia, com Brisa Cabral, da Associação Oficina Casa do Alto; palestra sobre o pré-sal brasileiro, com o estudante Hermes Sales; palestra sobre a reformulação do Ensino Médio e os impactos da PEC 55 na Educação, com o professor Clodoaldo Pinto (IFCE); palestra sobre Direito Agrário, com o professor Geovani Tavares (UFCA); mesa redonda sobre feminismo, com a Frente de Mulheres do Cariri; oficina de muralismo, com a estudante Ana Larissa; e oficina de Economia Solidária, com a professora Victória Régia Arrais (UFCA). Todas as noites há apresentações artístico-culturais. Nesta quinta-feira, haverá cine debate, com a exibição do filme Capitalismo, uma História de Amor, do diretor Michael Moore.

Leia também



WhatsApp Image 2022-06-20 at 16.09.29

Enquete