Denúncia provoca cancelamento de pregão para transporte em Juazeiro do Norte

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Reportagem de Adriano Duarte Foto: ilustração

A denúncia sobre fraude no transporte em secretarias da prefeitura de Juazeiro do Norte acabou provocando o cancelamento do pregão alvo da investigação.

A informação veio a tona na tarde dessa quinta-feira, dia 17, durante sessão ordinária da Casa legislativa do município. Conforme o parlamentar denunciante, Márcio Jóia, no mínimo sete irregularidades foram constatadas na licitação.

Márcio chamou a atenção para o fato de as irregularidades ter ocorrido e por uma observação sua….

“Na questão foi de locação de veículos foi apresentada a licitação 10/2017 da sedest , eu apresentei e usei a tribuna desta casa e apresentei as irregularidades, média de 7 a 8 irregularidades que tenha havido na licitação quando na semana posterior veio o procurador do município, o Bernardo que fez os esclarecimentos, onde não foi convencido os esclarecimentos onde foi o executivo solicitou uma comissão mais específica que fez a vistoria e viu que alguns erros apresentados por mim e eu estava correto, quando foi no dia 11 foi publicado a revogação e o cancelamento dessa licitação de 75 veículos que vinha a ser utilizados em 5 secretarias de Juazeiro do Norte”.

O vereador Vieira Neto destacou que se houve o cancelamento, por consequência, há crimes que terão de ser respondidos pelos responsáveis…..

“Se o pregão foi cancelado algum ato errado foi cometido. Mas esse ato gerou algum crime, gerou alguma punibilidade? E a punibilidade eu sei que ocorreu, e porque ocorreu Adriano? Houve a assinatura do contrato, os veículos foram cedidos para algumas secretarias, aqueles veículos foram utilizados, quem irá pagar? Quem é o responsável por aquilo? O empresário vai arcar com o prejuízo? O roubo foi praticado pelo empresário? Foi o empresário que fraudou a licitação a empresa tem que ser penalizada. Se o erro foi do município através da comissão de licitação ela também tem que responder pelos seus atos. Cabe a toda essa questão para que seja analisado, portanto é uma questão muito emblemática e tem que ser apurado com a devida cautela para que a gente aponte e não seja leviano com ninguém”.

O vereador Márcio disse que apesar de sua denúncia não ter se transformado em CPI, O Ministério Público já recebeu denúncia no mesmo sentido….

“Eu acredito que já esteja no ministério público, eu não cheguei a enviar, mas tomei conhecimento de algumas pessoas que concorreram a essa licitação já tinham feito essa denúncia. O crime realmente ocorreu, não foi pago ,não houve a improbidade administrativa dos secretários, do poder executivo. A imoralidade aconteceu e resta agora ao executivo fiscalizar seu próprio setor licitatório e ao prefeito fazer com mais transparência para que todas as pessoas possam concorrer e que os erros e que a lei seja pra todos e não direcionada só a uma empresa como foi feita a minha denuncia, então espero que a minha parte tenha sido feita, eu como vereador fiscalizador do município fiz a minha parte e mostre por A+B que realmente estava com irregularidade”.

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados