Destacamento Policial Militar de Lavras da Mangabeira é alvo de tiros efetuados por criminosos

Dois suspeitos foram conduzidos à delegacia, um maior de 25 anos e um adolescente de 16.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Fotos: Reprodução/WhatsApp

O Destacamento da Polícia Militar de Lavras da Mangabeira-CE foi alvo de tiros na noite deste domingo (29), efetuados por criminosos. O atentado ocorreu pouco tempo depois da Patrulha militar de serviço ter sido solicitada para atender a uma ocorrência de disparos de arma de fogo em via publica nas proximidades do posto de combustível Padre Cicero, onde segundo informações, dois homens ocupantes de uma motocicleta de cor preta realizaram os disparos para cima e se evadiram sentido ao distrito de Arrojado zona rural deste município.

Enquanto o policiamento se deslocava para averiguar a ocorrência, o destacamento policial era atacado por dois indivíduos que trafegavam em uma moto preta, onde inicialmente atiraram na lateral do prédio da unidade militar e posteriormente quebraram a vidraça da porta de acesso na tentativa de adentrar ao imóvel, onde o permanente de plantão se encontrava sozinho. O policial reagiu a ação criminosa efetuando tiros impedindo o acesso dos infratores ao local. Na oportunidade foi pedido apoio as unidades policiais de Granjeiro, Baixio e ao BOPE de Cajazeiras-PB, que prestaram o devido apoio.

Dando continuidade as buscas aos atiradores, por volta das 20h20min, o policiamento recebeu ligações via telefone de emergência (190) que afirmavam que os suspeitos do ataque ao destacamento policial , se tratavam do lutador, Adson Machado Ferrer, 25 anos residente na Rua Luís Jacinto, 125, Bairro Novo Horizonte juntamente com o adolescente D. S.B.S., de 16 anos, que mora na Rua Leila Ferrer, bairro Caixa D’Água.

De posse das informações os militares localizaram o maior de idade em frente sua residência, onde foi realizada a busca pessoal mediante a fundada suspeita. Adson ao ser convidado para ir a delegacia local para prestar esclarecimentos negou-se e passou a ameaçar e desacatar os policiais. Diante da ação do rapaz foi dada voz prisão, tendo este também resistido se fazendo necessário o uso da força e o emprego de algemas.

Ao chegar à delegacia os familiares de Adson indignados com a ação policial começaram a criar transtorno nas dependências do estabelecimento, onde o irmão do suspeito, o Alexandre Machado Ferrer, de 19 anos foi preso por também desacatar os milicianos com palavras de baixo calão, sendo também preciso o uso da força e emprego de algemas. Os dois foram conduzidos à delegacia regional de ICÓ-CE para os procedimentos cabíveis.

Posteriormente o menor de idade suspeito do ataque a unidade militar foi localizado pela composição do FTA de Icó, e convidado a comparecer a delegacia de policia acompanhado de sua representante legal, onde prestou esclarecimentos e por orientação do delegado plantonista foi liberado.

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados