DOIS EXECUTADOS A BALA NO CARIRI NA TARDE DESTE SÁBADO Menor foi morto com em Juazeiro baleado na cabeça e maior de 25 anos em Missão Velha.

Dois jovens foram executados por disparos de armar de fogo na tarde deste sábado (11), na região do Cariri. Por volta do meio-dia em Juazeiro do Norte, o menor de idade Lucas Vinicius Gomes Paulino, apelidado por “Lukinha”, 17 anos morreu ao ser alvejado com seis tiros de pistola calibre 380 na cabeça. O crime aconteceu nas imediações da casa o  mesma residia, na Avenida Aracaju, nas imediações do estádio “O Romeirão”, no Bairro Romeirão.

Testemunhas afirmaram aos policiais que atenderam a ocorrência que, uma dupla de desconhecidos ocupantes de uma motocicleta Honda Titan de demais características não anotadas foram os autores dos disparos que mataram o adolescente.

Diligências foram realizadas em torno do fato pelas viaturas de serviço da PM, no intuito de identificar e prender os suspeitos, mas se êxito. A CIOPS Juazeiro informou em seu boletim enviado a imprensa, que “Lukinha”  possuía em seu desfavor, um ato infracional por roubo, e que o mesmo teria sido alvo de uma tentativa de homicídio à bala ocorrida no dia 24 de fevereiro deste ano em Juazeiro. Há informações, mas não confirmadas pela policia de que "Lukinha" era usuário de drogas.  morte dele foi sétimo homicídio ocorrido em Junho em Juazeiro e sexagésimo terceiro do ano no municipio.

Cerca de duas horas na zona rural de Missão Velha, um homem acusado de assaltos e outros delitos, foi morto com um tiro na cabeça, além ter a  orelha direita decepada. Genilson Firmino dos Santos, 25 anos que residia no Loteamento de Gidlberto, Bairro Boa Vista trafegava pela estrada que liga a sede de Missão velha ao Sítio Quimami quando o fato aconteceu.

De acordo com informações da polícia de Missão Velha, Genilson era comparsa do ex-presidiário Carlos Alberto Ferreira, 20 anos, que residia na Rua José Avelino Silva, 16, Bairro Cassimiro Farias, em Missão Velha encontrado assassinado a tiros na última segunda-feira, dia 06 de Junho nas proximidades da Academia de Hidroginástica, na Avenida Brasília, naquela cidade. Carlos Alberto estava em liberdade provisória. Igualmente ao caso da morte de Genilson, também a autoria desse crime ainda é desconhecida diz a polícia.

Fotos:Vc/Repórter/WhatsApp

Por: Jota Lopes/Agência Caririceara.com

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados