Dois homens foram executados à bala na tarde deste domingo no cariri, num intervalo de 40 minutos.

Em Barbalha um ex-presidiário foi executado a tiro na estrada de acesso ao sítio Malhada; e em Caririaçu servidor municipal morreu ao ser alvejado com cinco disparos de arma de fogo no sítio Piriri. Fotos: Agência Caririceara.com

Dois homens foram executados por disparos de armas de fogo na tarde deste domingo, na região do cariri. As mortes ocorreram num intervalo de quarenta minutos. Por volta das 15h30min no sítio Homicidio em Caririaçu 28.08.16Piriri, imediações do Açude dos Carneiros, zona rural de Caririaçu o funcionário da prefeitura daquele município, Felipe Pereira Cardoso, 24 anos que residia na rua Raimundo Lacerda, 10, Bairro Pernambuquinho faleceu ao ser atingido por quatro disparos na cabeça e outro no tornozelo esquerdo.

A polícia informou que Felipe já possuía  antecedentes criminais por lesão corporal (Artigo 129, código penal – decreto Lei 2848) e outros crimes de transito código de transito (lei 9503). Ele trabalhava como vigia do CREA municipal de Caririaçu. De acordo os policiais que atenderam a ocorrência, a companheira da vítima disse que quatro pessoas em duas motocicletas foram as autores dos disparos. A motivação para o crime ainda é desconhecida diz a policia.

Já por volta das 16h10min, no bar do Jacó que funciona na estrada que liga o Bairro Bela Vista ao Sítio Malhada, em Barbalha o ex-presidiário Cícero Orlando dos Santos, 38 anos, que residia na L14, casa número 187, Bairro Cirolândia foi assassinado com um disparo de arma de fogo à altura do lado direito do tórax.

Homicidio em Barbalha 28.08.16Um irmão da vitima foi até o local do fato e informou ao policiamento que atendeu a ocorrência que teria recebido uma ligação dando conta de que o acusado de efetuar o tiro que matou Cícero Orlando seria o indivíduo conhecido por “Pão de Milho” que também apelidado por “Galego”, o dono do bar onde a vítima estava. Diante das informações os policiais diligenciaram visando localizar e prender o suspeito, mas sem até o fechamento dessa matéria,

A CIOPS Barbalha informou que de acordo com o SIP (Sistema De Informações Policiais), Cícero Orlando já respondia um artigo 28 da Lei de Entorpecentes, e, de acordo com o mesmo sistema, constava um mandado de prisão em aberto datado de 14/06/2010.

Nos dois casos, a perícia forense foi acionada e trasladou os corpos para serem necropsiados e posteriormente liberados para sepultamentos.

Por: Jota Lopes/ Agência Caririceara.com

Todos direitos reservados a Caririceara.com. Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem autorização sob pena, de punição de acordo a Lei dos Direitos Autorais.

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados