Dois homicídios registrados em menos 15 horas em Juazeiro do Norte.

Dois homicídios registrados  em menos 16 horas em Juazeiro do Norte.

Na tarde de ontem Rairon Souza Farias, 19 anos foi baleado no Pio XII e socorrido ao HRC onde faleceu. Na manhã desta quinta-feira, Cosmo Diego da Silva Correia foi morto a tiros no Bairro triangulo.

Jota Lopes/Agência Caririceara.com

Duas pessoas foram vítimas de homicídios por armas de fogo em Juazeiro do Norte, num intervalo de menos de 15 horas. Na tarde de ontem no cruzamento da Avenida José Bezerra com a Rua Zilá Belém no Bairro Pio XII, Rairon Souza Farias, 19 anos, morreu após ter sofrido quatro tiros nas costas por volta das 16 horas. Ele ainda chegou a ser socorrido por uma equipe do SAMU ao Hospital Regional do Cariri – HRC, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu uma horas depois.

Foto: Reprodução/WhatsApp
Foto: Reprodução/WhatsApp

O policiamento que atendeu a ocorrência apreendeu no local do crime, 242gramas de maconha e uma balança de precisão, além de 03 estojos do calibre 380 e um projetil do mesmo calibre, onde também tomou conhecimento através de populares que a vitima se encontrava na companhia do acusado quando houve um desentendimento entre ambos que resultou no homicídio. O material apreendido foi entregue na 20ª DRPC. A polícia não repassou a nossa reportagem o nome do acusado.

Já na manhã desta quinta-feira, por volta das 08 horas, no cruzamento das ruas Francisco Monteiro com Socorro Mota, Bairro Triângulo o ex-presidiário Cosmo Diego da Silva Correia foi assassinado a bala. Até o fechamento dessa matéria, policia ainda apurava as circunstância de como ocorreu o crime.

Foto: Reprodução/WhatsApp
Foto: Reprodução/WhatsApp

De acordo com o tenente-coronel PM Paulo Hermann, comandante do 2º BPM de Juazeiro do Norte, Diego como era mais conhecida a vítima teria saído da cadeia a cerca de dois meses. Ainda segundo o oficial, a vítima era usuária de drogas e respondia inquéritos policiais por trafico ilícito de drogas, homicídio, porte ilegal de arma de fogo, e roubo a pessoa. Igualmente ao caso do homicídio sofrido por Rairon Souza na tarde ontem no Pio XII, a polícia fez diligencias em torno do caso, mas nenhum suspeito foi preso.

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-06-20 at 16.09.29

Enquete