Dois homicídios registrados na manhã desta quinta-feira (07) no cariri; os crimes ocorreram e Caririaçu e Juazeiro do Norte

Rabeção, perícia, IML

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Fotos: Reprodução/WhatsApp

Dois homens foram mortos a tiros na manhã desta quinta-feira (07) na região cariri cearense. A primeira ocorrência aconteceu na cidade de Caririaçu. Por volta das 07h30min, o agricultor e pedreiro João Evangelista da Silva, de 44 anos foi encontrado assassinado com varias perfurações a bala caído às margens de um riacho localizado no final da Rua Joaquim Daniel de Freitas no bairro Bico da Arara onde ele morava na residência de número 572.

De acordo com informações colhidas pela reportagem do site Caririceara junto ao destacamento PM de Caririaçu, uma irmã de João Evangelista informou que devido à escassez d’água no município hoje por volta das 04h00min da manhã como ultimamente vinha fazendo, a vítima foi até o riacho tomar banho para depois retorna para casa e se desloca para trabalho, e não mais retornou deixando os familiares preocupados. Ainda segundo o relato da mulher a polícia horas depois do desaparecimento de João Evangelista, populares avisaram aos parentes terem localizado ele caído ao solo com o corpo apresentando sinais de tiros, já sem vida.

A composição policial militar de serviço esteve no local do achado do cadáver, mas ninguém soube repassar informações de quem seria o acusado do homicídio. O agricultor assassinado não possuía antecedentes criminais, diz a polícia.

Cerca de três horas no bairro Frei Damião em Juazeiro foi registro mais um crime de morte, um rapaz de 21 anos de nome, Francisco Felipe Pinheiro Matias, morreu ao ser baleado nas imediações da casa onde morava na Rua José Magalhães Landim próximo ao cruzamento da Rua Francisco Martins de Sousa. Segundo testemunhas, três homens a pé, um deles de camisa branca e armado a revólver aproximaram-se da vítima efetuando vários disparos de arma de fogo para depois fugirem tomando rumo ignorado, enquanto a vítima morria no local.

As viaturas de serviço da policia diligenciaram na tentativa de identificar os acusados, vindo apenas a identificarem um deles conhecido pelo apelido de “Esmigal”, 18 anos, o qual igualmente aos demais permanecem foragidos. A Ciops Juazeiro informou que consulta ao SIP foi verificado que consta em desfavor da vítima um procedimento policial pelo crime tráfico ilícito de drogas

Leia também



600x600px_Banner_02.04_PMB_2022

Enquete