“Operação Cabaré” realiza combate a prostituição e prisão por tráfico de drogas no municipio do Barro-CE

Ministério Público da Comarca de Barro-CE, foi desencadeou a “Operação Cabaré” de combate a prostituição infantil e trafico de drogas no município. Por volta das 15h do da terça-feira (01/06) na Rua Roque Ribeiro, s/n, Bairro Trajano Nogueira, foi presa por tráfico de drogas a pessoa de, Leoclécia da Silva Sousa de 19 anos de idade.

Segundo os relatos, a acusada foi presa articulando a venda de drogas no cabaré da Tica Parteira onde também é envolvida nos trabalhos de prostituição do referido estabelecimento. Com a acusada foram apreendidos:

  • 10 papelotes de cocaína pesando 09 gramas que seria vendido a R$ 25,00 reais o papelote;
  • 06 tabletes de maconha prensada pesando 17 gramas;
  • R$ 35.00 (trinta e cinco reais em espécie);
  • 60 unidades de sacos plásticos para embalagem da droga;
  • 01 celular da marca LG cor preta;

Leoclécia afirmou que vendia e armazenava a droga que pertence ao traficante e distribuidor Edson da Silva Lira;

Na operação também foi detida a pessoa de Maria Adriana da Silva, nascida em que completa 38 anos de idade este mês, que é mãe do traficante Edson da Silva Lira, citado anteriormente. O mesmo fugiu durante a operação policial abandonando uma motocicleta sem placa, cor vermelha marca YAMAHA, chassi 20029C6KE038030000309 (apreendida). Com a a mãe de Anderson foi aprendido:

  • 1 cartucho cal. 32;
  • 1 cartucho cal. 38;
  • 2 capsulas deflagradas cal. 32.

Ainda no Cabaré da Tica, foram conduzidas com indícios de prostituição infantil a Sra: Francisca Modesto Coelho, conhecida como “Tica Parteira”, de 57 anos de idade, que é proprietária do estabelecimento onde funciona o prostibulo; com a acusada estava a adolescente de apenas 15 anos, A.S.S, residente na Zona Rural São Felix, Mauriti-CE a qual confessou realizar programas sexuais mas que ficava na casa da “Tica Parteira”.

Segundo as testemunhas arroladas no Cabaré, bem como, de uma das profissionais do sexo, a Srta. Renata Cleidiane da Silva, 18 anos, residente na Rua da Lama, s/n, Bairro Jardim Raimundo Inacio, Barro-CE, os “clientes” acordavam com a gerente do estabelecimento que contatava com as profissionais do sexo onde envolvia as menores de idade e as atividades sexuais ocorriam no próprio estabelecimento, que tinha os quartos apropriados ou na casa de uma das profissionais que também funcionava como “matadouro”  na Rua Vanderlei Cardoso, s/n, Bairro Trajano Nogueira, residência d a viuva Ana Paula Cordeiro da Silva, de 29 anos de idade. Os programas sexuais eram estipulados com valores aproximados de R$ 50 reais.

A ação foi realizada por Policiais do destacamento local sob o comando do Major Sobreira, juntamente com os Primeiros Sargento Laudemir, Soares, Gomes, Cartaxo, Edinilton, o Sargento J. Marcos , os soldados  Brito e Da Silva.

Foto: Divulgação

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Eleitorado nas urnas: você é a favor do voto impresso?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados