Dupla é presa após praticar assalto à mão armada em Juazeiro do Norte

Hudson Hygor Santos Alves, de 21 anos (Foto 1) e Rafael Silva Pereira, de 23 anos (Foto 2) foram presos na noite desta segunda-feira (15), em Juazeiro do Norte. Eles estavam na posse de um revólver, oito aparelhos celular e de uma motocicleta.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Foto: Redes sociais

Dois homens foram presos em Juazeiro do Norte, acusados de assalto à mão armada. A ação policial aconteceu na noite desta segunda-feira (15), na Rua Candido, Bairro Salesianos.

Por volta das 19 horas, a equipe da viatura CP 88 do POG da 1ª Cia/2ºBPM tomou conhecimento via CIOPS de que na rua Mestre José Caitano, bairro Antônio Vieira uma mulher de 26 anos havia sido vítima de assalto a mão armada. A composição se deslocou para o local, onde a jovem assaltada relatou que o crime teria sido cometido por dois indivíduos ocupantes de uma moto fan de cor vermelha, o piloto trajando camisa vermelha, short, capacete escuro e o garupeiro de camisa escura e short, ambos armados a revólver que tomaram de assalto seu celular.

A mulher acrescentou que, a mesma tinha localizado via GPS seu aparelho numa residência da Rua São Cândido, Bairro Salesianos. A guarnição policial chamou apoio do Raio e da Força Tática e realizou o cerco entre as Ruas São Cândido e Delmiro Gouveia, Bairro Salesianos vindo a prender, Hudson Hygor Santos Alves, de 21 anos (Foto 1) e Rafael Silva Pereira, o “Rafael Priquitin” de 23 (Foto 2).

FOTO: REDES SOCIAIS
FOTO: REDES SOCIAIS

Os suspeitos ainda tentaram fugir pulando o muro do quintal da casa onde estavam, mas acabaram presos. Durante a ofensiva foram apreendidos, um revólver calibre 38 com a numeração suprimida, contendo quatro munições intactas, oito aparelhos celular  de diversas marcas e uma motocicleta Honda, modelo Titan 160 CC, de placa POU-2855.

FOTO: REDES SOCIAIS
FOTO: REDES SOCIAIS

A dupla juntamente com os itens da apreensão, foi apresentada na 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte ao delegado plantonista, Dr. Rafael Mota que lavrou o flagrante delito por porte ilegal de arma de fogo e roubo a pessoa contra os dois acusados.

A polícia informou que “Rafael Priquitin” já reponde por uma tentativa de feminicídio. Ele é suspeito de tentar matara tiros,  sua companheira identificada como “Jessica”. O crime aconteceu na tarde do dia 20 de janeiro deste ano, na Avenida Carlos Cruz, próximo ao cruzamento com a Avenida Padre Cícero, bairro Santa Teresa.

Reprodução autorizada mediante citação da Agência Caririceara

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados