Dupla é presa suspeita de matar criança de 1 ano e 8 meses a tiros em Aquiraz, no Ceará

Uma criança de apenas um ano e 8 meses de vida tornou-se a mais recente vítima da violência armada que só cresce no Ceará e que deixou quase 300 mortos no mês de maio passado. Na noite de ontem, o bebê foi atingido por uma bala perdida durante um suposto tiroteio entre traficantes de drogas.

O crime ocorreu por volta das 19h30 na comunidade Novo Maranguape, no Município de Aquiraz, na Região metropolitana de Fortaleza (RMF). A pequena Ana Alice estava nos braços da mãe, na porta de casa quando, de repente, traficantes daquela comunidade entraram em um confronto armados. Um dos tiros atingiu a pequena, que ainda chegou a ser socorrido ao hospital da cidade, onde chegou morta.

Além de Ana Alice, dois homens que teriam participado do tiroteio e seriam traficantes foram também baleados, sendo um no peito e outro no na perna. Os dois foram identificados apenas por “Keké” e “Zé Pequeno”.

Dois suspeitos de envolvimento no tiroteio foram detidos pela Polícia Militar durante o cerco na área, e conduzidos para flagrante na Delegacia Metropolitana do Eusébio. Foram identificados apenas por Lucas e Felipe.

Um tio

Outra versão sobre o caso está sendo também investigada pela Polícia sobre o fato. Os criminosos teriam ido ao local com o objetivo de matar um tio da criança e ao encontrá-lo na calçada passaram a atirar, atingindo a pequena Ana Alice.

Por FERNANDO RIBEIRO

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados