Duplas praticam assaltos a residências na zona rural de Campos Sales. Uma das vítimas foi um comerciante de 41 anos.

Redação/Agência Caririceara.com
Foto: Ilustração

Dois assaltos a residências localizadas na zona rural de Campos Sales, foram registrados na noite desta quinta-feira (26). O primeiro ocorreu no Distrito de Carmelópoles e o segundo no Sítio Mastruz. Uma das vítimas foi o comerciante Danúzio João Duarte, 41 anos. Segundo a polícia, foi apurado que por volta das 19h30min Danúzio se encontrava juntamente com seus familiares em casa onde também funciona um mercantil, no Distrito de Carmelópoles quando foi surpreendido por dois homens desconhecidos que de arma em punho anunciaram um assalto tomando a quantia de R$ 700 reais em dinheiro. Após o ato criminoso a dupla empreendeu fuga numa moto modelo Bros de cor vermelha com branca, onde ainda na hora da fuga efetuaram disparos para o alto.

Militares do destacamento local ao tomar conhecimento do ocorrido saíram em diligencias com o apoio das viaturas da P.R.E, Batalhão de Divisas e dos Destacamentos de Antonina do Norte, Assaré, Potengi e uma equipe do RAIO, mas sem êxito em prender os criminosos. Informações extras oficiais dão conta de que um dos assaltantes seria um fugitivo da Cadeia Pública da Cidade de Assaré conhecido por Samuel, apontado como autor de uma série de assaltos na região que compreende a zona Rural dos Municípios de Assaré e Campos Sales.

Cerca de duas depois o operador de plantão na CIOPS Campos Sales recebeu uma ligação na qual a pessoa que se identificou como sendo “Leandro”, residente no Sítio Mastruz, zona rural daquele município, a aproximadamente 15 km distante da sede, a qual delatou que havia sido vítima de um assalto há poucos minutos naquela localidade, acrescentando que o crime teria sido cometido por dois homens desconhecidos que se evadiram num carro, placa não anotada, na direção do Distrito Barão de Aquiraz.

A composição da viatura RP 2334, Sargentos Lourenço, Lima e Ricardo e Cabo Cesário foi acionada para o local, onde foi informada pelo agricultor João José da Silva, mais conhecido por “Leandro”, 33 anos que por volta das 21h00 o mesmo teria chegado a residência dos seus genitores, quando foi abordado por dois homens não identificados, que chegaram num veículo Strada, vindo um dos desconhecido a encostar uma arma de fogo na sua “nuca”, exigindo dinheiro, e como não possuía, foi obrigado a abrir a residência sob ameaças. Em ato continuo os acusados exigiram dinheiro dos seus pais, que estavam na casa, e como não havia, levaram uma espingarda socadeira que possuía e guardava na casa, evadindo-se em seguida seguindo destino ignorado.

As vítimas disseram que não conseguiram verificar as características dos acusados, sobretudo, por ser noite e estar muito escuro, a não ser o puro e simples informe que um vestia uma camisa com as tonalidades branca e vermelha. A composição policial realizou várias diligências na região explicitada, especialmente nas vicinais que circunscreve a suposta rota de fuga, porém sem êxito até o fechamento dessa matéria. Pai e filho foram orientados a prestarem queixa na delegacia de policia civil.

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados