Eleições 2022 no Ceará: quem são os pré-candidatos ao governo

© Arquivo Agência Brasil
© Arquivo Agência Brasil

Grupo governista depende da manutenção da aliança com o PT para chegar a um nome. Capitão Wagner (União) será candidato de oposição.

Pelo menos quatro partidos definiram pré-candidatos para o governo do Ceará nas eleições 2022. Enquanto o grupo governista vive um impasse, outras alianças já têm nomes, que ainda precisam ser confirmados em convenção partidária.

Os pré-candidatos já definidos são:

  • Adelita Monteiro, Psol
  • Capitão Wagner, União Brasil
  • Serley Leal, UP
  • Zé Batista, PSTU

As convenções partidárias ocorrem entre 20 de julho e 5 de agosto, conforme o calendário eleitoral do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Candidato governista

Izolda Cela e Roberto Cláudio, possíveis pré-candidatos do PDT ao governo do Ceará. — Foto: Fabiane de Paula/José Leomar/Sistema Verdes Mares

Izolda Cela e Roberto Cláudio, possíveis pré-candidatos do PDT ao governo do Ceará. — Foto: Fabiane de Paula/José Leomar/Sistema Verdes Mares

governadora Izolda Cela (PDT), que assumiu o cargo após a renúncia de Camilo Santana, pode se candidatar à reeleição, mas a definição depende da manutenção ou não da aliança com o PT.

O partido de Izolda, que tem como principal liderança no Ceará o pré-candidato à Presidência da República Ciro Gomes, pode romper com o PT; caso isso ocorra, cada partido pode lançar candidato próprio.

Nas eleições de 2018, Ciro Gomes disse que não voltaria a fazer campanha com o PT “nunca mais”.

presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, defendeu apoio ao nome do ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio (PDT) como candidato ao Palácio da Abolição em evento do PDT realizado em 15 de junho, em Fortaleza. “Eu não sou eleitor aqui do Ceará, mas eu vejo o Roberto Cláudio com todas as condições, por ter sido prefeito da capital, por ter experiência, um homem profundamente carismático, 8 anos de mandato na Prefeitura dão a ele uma condição muito grande. Isso não quer dizer que a Izolda não tenha (condições), apenas eu estou manifestando a minha opinião”, disse.

O presidente do PDT Ceará, deputado federal André Figueiredo (PDT), afirmou que uma pesquisa eleitoral vai ajudar a definir qual dos quatro nomes que disputam a pré-candidatura será escolhido para disputar as eleições para o governo do Ceará: a atual governadora, Izolda Cela, o ex-prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio, o deputado federal, Mauro Filho, e o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Evandro Leitão.

Adelita Monteiro (PSOL)

Adelita Monteiro, pré-candidata do PSOL ao Governo do Estado do Ceará. — Foto: PSOL/Divulgação

Adelita Monteiro, pré-candidata do PSOL ao Governo do Estado do Ceará. — Foto: PSOL/Divulgação

O Partido Socialismo e Liberdade (PSOL) aprovou, ainda em fevereiro, a pré-candidatura de Adelita Monteiro ao Governo do Estado do Ceará. O diretório estadual do partido fez o anúncio após reunião on-line.

Fundadora do Psol no Ceará, a pré-candidata já integrou a direção nacional do partido e, atualmente, é Secretária Geral do PSOL no estado. Adelita iniciou sua atuação política aos 15 anos de idade nas pastorais de juventude. Natural de Limoeiro do Norte, na infância mudou-se com a família para a capital.

Capitão Wagner (União Brasil)

Capitão Wagner — Foto: Kid Júnior/SVM

Capitão Wagner — Foto: Kid Júnior/SVM

Eleito vereador e deputado estadual mais votado em Fortaleza e no Ceará, respectivamente, Capitão Wagner é o principal nome de oposição a disputar o cargo no Governo do Ceará. Em 2020, ele obteve 48,31% dos votos válidos na corrida pela Prefeitura de Fortaleza, quando perdeu no segundo turno para José Sarto.

O pré-candidato pelo União Brasil declarou apoio a Jair Bolsonaro quando o presidente participou de eventos no Ceará. Ele também é um tradicional opositor ao grupo político de Ciro Gomes.

Serley Leal (UP)

UP lança o bancário Serley Leal como pré-candidato ao Governo do Ceará — Foto: Atson Leles/Divulgação UP

UP lança o bancário Serley Leal como pré-candidato ao Governo do Ceará — Foto: Atson Leles/Divulgação UP

O partido União Popular (UP) definiu Serley Leal como seu pré-candidato. Ele é militante, fundador do partido Unidade Popular pelo Socialismo e, atualmente, membro do Diretório Estadual da legenda no Ceará.

Em 2001, foi eleito para o Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Federal do Ceará, também tendo participado do diretório estudantil na Uece. Participou ativamente das principais lutas sociais desde o final da década de 90, como a campanha contra as privatizações realizadas nos governos de FHC e Tasso Jeressaiti.

Zé Batista (PSTU)

Zé Batista, pré-candidato ao Governo do Ceará pelo PSTU — Foto: PSTU/Divulgação

Zé Batista, pré-candidato ao Governo do Ceará pelo PSTU — Foto: PSTU/Divulgação

Em maio, o PSTU lançou a pré-candidatura do operário da construção civil Zé Batista ao governo do Ceará.

“A pré-candidatura do PSTU é radicalmente oposta a tudo que está aí. São as mãos de operários e operárias que constroem tudo na sociedade, por isso a classe operária também precisa governar”, disse, ao ser nomeado como pré-candidato pela sigla.

O pré-candidato a vice-governador é Reginaldo Araújo, servidor público de Limoeiro do Norte e ativista do movimento ambiental e social.

*Conteúdo do Portal G1 Ceará

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-07-28 at 08.57.10

Enquete