Em 5 horas, polícia faz duas prisões por violência doméstica no Cariri

Ilustração / FOTO: Marcos Santos/USP
Ilustração / FOTO: Marcos Santos/USP

Prisões aconteceram nos municípios de Barro e Várzea Alegre.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Arquivo/ Caririceara.com

Dois homens foram presos, nesta sexta-feira (12), pelo crime de violência doméstica na região do cariri cearense. As prisões ocorreram nos municípios do Barro e Várzea Alegre, realizadas pela Polícia Militar.

Na primeira ação policial, um agricultor, de 36 anos de idade foi preso na cidade de Várzea Alegre por volta das 13 horas após ligações de populares para o telefone de emergência (190), denunciando um suposto caso de violência domestica no Bairro Varjota. Uma patrulha militar compareceu ao local onde, uma mulher de 35 anos relatou que seu companheiro, José Antônio de Sousa já tinha saído da residência. A mesma acrescentou que o marido faz uso de medicamentos controlado e que no dia de ontem, misturou remédios com bebidas alcoólicas e, ao chegar em casa, ficou agressivo, vindo a jogar café quente ao chão, quebrando pratos e derrubando uma mesa de mármore, bem como tentou enforca-la com as mãos e ainda queria expulsar lhe de dentro da residência.

No decorrer dos relatos da vítima, o acusado chegou e acabou preso pelos policiais. Em busca pessoa nele, nada de ilícito encontrado com o mesmo. Em ato continuo, José Antônio juntamente com mulher acabou conduzido para Delegacia Regional de Policia Civil do município de Iguatu/CE.

A segunda prisão aconteceu por volta das 18h05min, na cidade do Barro, uma mulher de 37 anos, denunciou a Polícia Militar que seu ex-companheiro, Francisco Rufino de Oliveira Junior, de 30 anos tinha invadido sua residência e tentado agredi-la. Uma patrulha compareceu ao local e prendeu do suspeito, o qual já estava impedido de se aproximar da vítima devido a uma medida protetiva.

De acordo com os policiais que atenderam a ocorrência, o homem se encontrava aparentemente embriagado e teria invadido a casa da vítima, ocasião que destruiu alguns pertences, bem como a ameaçar a ex-mulher. Diante dos fatos, vitima e acusado foram levados a Delegacia Regional de Brejo Santo para serem tomadas as medidas cabíveis.

Reprodução autorizada mediante citação da Agência Caririceara

Leia também



PATOM

Enquete