Em ação rápida, dois suspeitos são presos em flagrante por mortes em Juazeiro do Norte

Viaturas na Delegacia de Polícia Civil de Juazeiro do Norte

Ação criminosa  aconteceu  na madrugada desta terça-feira (8) e deixou três homens e uma mulher mortos, mais cinco pessoas feridas, entre elas, uma criança de 4 anos atingida com um tiro na perna direita que transfixou na esquerda.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social do Ceará (SSPDS-CE) informa que, em uma resposta rápida, a Polícia Militar do Ceará (PMCE) prendeu em flagrante por homicídio, no final da tarde desta segunda feira (08), dois homens suspeitos de participar de uma ocorrência, registrada na madrugada de hoje, que resultou nas mortes de quatro pessoas em Juazeiro do Norte. Foram presos: Paulo Samuel da Silva (21 anos), que tem passagem por porte ilegal de arma de fogo, e Paulo Henrique da Silva (25 anos), que tem um Termo Circunstancial de Ocorrência (TCO). Ações de inteligência e investigativas estão em curso em busca de outros envolvidos. As apurações estão a cargo do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte.

SAIBA MAIS:

De acordo com os levantamentos policiais, as vítimas – um homem de 34 anos, com passagens por homicídio, porte ilegal de arma de fogo e furto; um homem de 34 anos, com passagens por extorsão e crime contra a administração pública; uma mulher de 45 anos, com antecedentes por tráfico de drogas; e um adolescente de 16 anos – foram mortas a tiros por indivíduos dentro de um imóvel no bairro Triângulo. Durante a ação criminosa, outras cinco pessoas foram baleadas e socorridas para uma unidade hospitalar. Três delas já receberam alta hospitalar. As outras duas seguem em atendimento.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As informações podem ser encaminhadas para o telefone (88) 3572-1736, do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa de Juazeiro do Norte (NHPP) da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte.

As denúncias podem ser feitas ainda para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.

FONTE: SSPDS
Assessoria de Comunicação da PMCE

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-07-28 at 08.57.10

Enquete