Em Crato, idosa doente sofre com falta de acompanhamento médico domiciliar

Crato - Vista Parcial Foto Jota Lopes _ Ag. Caririceara.com

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Davi Salomão com reportagem de Ambrósio Santos Foto: Jota Lopes/Caririceara

Com problemas de saúde que impossibilitam a sua locomoção, uma idosa residente a rua Bruno de Menezes, bairro Alto da Penha em Crato deveria está recebendo acompanhamento médico em sua casa, porém, não é isso que vem acontecendo.

Prevista em lei federal a assistência médica domiciliar é de obrigação do poder público quando o cidadão não tem condições de se locomover até uma unidade de saúde.

Walter Lima denuncia que há várias semanas vem lutando para que sua sogra seja assistida por uma equipe médica. Segundo ele, o caso já é de conhecimento dos profissionais do posto de saúde da comunidade, além disso, sua esposa também já esteve na secretaria de saúde, mas até o momento, nada foi resolvido…

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também



PATOM

Enquete