Em menos de 24 horas, polícia prende acusado de duplo homicídio e lesão corporal em Juazeiro

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Foto: Reprodução/WhatsApp

Inspetores da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e da 20ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte, prenderam  no início da manhã desta segunda-feira, dia 23, Jussier dos Santos Ferreira, apelidado por  “Cier”, de 48 anos.

De acordo com os policiais que atenderam a ocorrência,  “Cier” é réu confesso  do duplo homicídio ocorrido por volta das 08h30min deste domingo, na Rua Guilherme José Bezerra, bairro Campo Alegre em que foram vítimas, o comerciante Erialdo Araújo Feitosa, de 46 anos, e a esposa dele a professora da rede municipal de Jardim, Jussara Maria da Silva Feitosa, de 44 mortos a tiros. O casal residia no sítio Pedra de Fogo, próximo a Betolândia, em Juazeiro.

Durante o tiroteio que resultou nas mortes de Erialdo  e Jussara,  a neta deles, S E B F, 3 anos saiu baleada  no abdômen. A criança foi socorrida para o Hospital Regional do Cariri, onde recebeu o primeiro atendimento. Na sequência foi transferida para o Hospital São Vicente de Paulo, em Barbalha, onde segue internada.

A prisão de  Jussier ocorrida na residia do mesmo, no campo Alegre. Ele  foi conduzido a 20ª DRPC e após prestar depoimento foi encaminhado a cadeia pública local, ficando a disposição da justiça.  O mesmo já  é acusado de um crime de morte  ocorrido no ano de 2010, em Juazeiro do Norte, como diz o delegado Juliano Macula em entrevista por telefone a reportagem do Site Caririceara.

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados