Em visita as obras da transposição do rio são Francisco, ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho afirma que serão concluídas neste ano.

Helder Barbalho afirmou que as obras do projeto serão entregues em dezembro e, a partir de então, os reservatórios serão enchidos (Foto: Humberto Pradera /Divulgação)

Em visita às obras do São Francisco, nesta sexta-feira (10), o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, afirmou que as obras físicas do Projeto serão entregues no mês de dezembro e, a partir de então, os reservatórios serão gradativamente enchidos, enquanto obras complementares, em parceria com os estados, serão executadas, fazendo chegar água à população.

"Determinamos às construtoras que ampliem ao máximo a capacidade de execução das obras para que cumpramos o prazo dado pelo presidente Michel Temer", frisou o ministro.

Helder Barbalho lembrou que, na média, essa ampliação de produtividade será de 42%. "Dessa forma, a água poderá contribuir com o abastecimento dos reservatórios de Orós e também do Castanhão, com repercussão imediata nas áreas com maior densidade populacional do estado do Ceará", explicou.

O ministro destacou já ter levado aos governos estaduais a necessidade de apresentação de um plano de ações para garantir o desembolso de recursos. "Contudo, é preciso que esse plano apresente funcionalidade para que as cidades, o mais rapidamente possível, sejam abastecidas e a população seja atendida".

Vistoria

O Projeto São Francisco vai garantir o abastecimento constante de água a uma população de 12 milhões de pessoas em 390 municípios dos estados de Pernambuco, Ceará, Paraíba e Rio Grande do Norte, que possuem períodos cíclicos de estiagem.

No sábado (11) a comitiva segue para o Eixo Leste, que tem 217 quilômetros de extensão e, quando concluído, levará água aos estados de Pernambuco e Paraíba. Campina Grande, por exemplo, será uma das cidades beneficiadas.

Eixo Norte

Localizado no final do Eixo Norte, o Cuncas 1 é considerado o maior túnel da América Latina para transporte de água, com 15 quilômetros de extensão e nove metros de altura e largura. A estrutura será responsável por conduzir a água do rio São Francisco entre o Ceará e a Paraíba, passando pelos municípios de Mauriti (CE), Barro (CE), Monte Horebe (PB) e São José de Piranhas (PB)

Com informações do Ministério da Integração Nacional 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados