Entregador de pizzas é encontrado morto com sete facadas e aposentada assassinada com perfuração a faca no pescoço no Barro Branco, em Crato

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Fotos: Caririceara

Dois crimes de morte por arma branca foram registrados pela polícia do Crato na noite deste sábado, dia 26 num intervalo de vinte minutos. Por volta das 20h10min na Rua Germano de Alencar, próximo a água Cambará, no bairro Barro Branco, o entregador de pizzas Paulo Roberto da Silva Roque, 24 anos, que residia na Rodovia Pinto Madeira, 399, Vila Lobo, foi localizado por populares que avisaram a polícia, caído ao solo lesionado a golpes de faca ao lado de uma motocicleta modelo CG de cor vermelha e placa KIM-0025, uma bolsa térmica com uma maquineta de crédito, um capacete e documentos pessoais.

A patrulha do policiamento ostensivo geral, sargento Luismar, cabo Roberto e soldado Ismael compareceu ao local do achado de cadáver e acionou o Samu, mas os profissionais de saúde ao chegarem apenas atestaram a morte do jovem. Segundo os militares que atenderam a ocorrência, a equipe médica afirmou que o corpo já apresentava estado de rigidez cadavérica, o que indicaria que o homicídio teria ocorrido há no mínimo 06h(seis horas). A perícia forense foi solicitada para fazer o traslado do corpo para necropsia e ao realizar os exames preliminares constatou que Paulo Roberto foi assassinado com sete perfurações a faca, sendo no tórax e abdômen.

O site Caririceara apurou junto a CIOPS Crato que a vítima já respondia a inquérito policia por  uma lesão corporal dolosa e uma contravenção penal. Os pertences da mesma encontrados no local do ocorrido foram apreendidos pela guarnição militar e apresentado à autoridade policial competente na 19ª Delegacia de Polícia Civil do Crato. A motivação para o crime, bem como a autoria ainda são desconhecidas, diz a polícia.

Vinte minutos depois a aposentada, Maria Eliana da Silva Sousa, 41 anos, que residia na Moacir Gondim Lóssio, 502, bairro São Jose, morreu logo após ter dado entrada no setor de emergência do Hospital São Camilo lesionada a faca no pescoço. De acordo com a policia militar, uma testemunha ocular do crime informou que a ação criminosa teve a autoria de uma mulher nome Fátima que trabalha como cabeleireira residente na Rua Karolé, 369, Bairro Muriti.

Ainda segundo o relato da testemunha a policia, Maria Eliana e Fátima teriam se envolvido numa discussão em frente a churrascaria recanto do sabor, e que a mesma  (testemunha) adentrou ao estabelecimento e saiu minutos depois, vindo a se deparar com a vítima sangrando e a perguntou o que aconteceu,  sendo informada que a acusada tinha cometido o crime e fugido para lugar ignorado. A testemunha acrescentou que ao ver Maria Eliana ferida, solicitou a um filho seu que socorresse a lesionada ao hospital aonde a mesma ainda chegou com vida mais faleceu minutos depois. Diante das informações os militares iniciaram diligencias indo de principio a residência da acusada, porém a mesma não foi localizada.

O corpo de Maria Eliana igualmente ao  de Paulo Roberto também encaminhado ao Núcleo de Ciências Forense (Antigo Instituto Médico Legal-IML) regional do cariri, em Juazeiro do Norte para ser submetido a exame cadavérico. Com o registro desses dois homicídios, sobe para quatro o número de pessoas assassinadas neste mês de agosto, em Crato e para 37 em 2017 no município.

©Todos direitos reservados a Caririceara.com. O conteúdo não pode ser publicado, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização. Passível de ação judicial com base na Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998 dos Direitos Autorais.

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados