Ex-presidiária é morta a tiros dentro de casa, no bairro Vila Lobo, em Crato

Francineide Jucá a Teidinha de 39 anos assassina em Crato, 28.Nov-2019 Foto Redes sociais

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Redes sociais

Crato. A ex-presidiária Francineide Jucá, de 39 anos a “Teidinha“, como mais conhecida, foi assassinada com cinco tiros, três no rosto, um na nuca e outro no pescoço na manhã desta quinta-feira (28). O crime aconteceu por volta das 10h40min no interior da casa da vítima, na Rua Edite Araújo Teles, 512 no bairro de Vila Lobo, em Crato.

Militares do Policiamento Ostensivo Geral (POG) e uma  equipe da Polícia Civil estiveram no local,  mas ninguém soube repassar nenhuma informação sobre a autoria da ação criminosa.  Os policiais civis recolheram um projétil que estava próximo ao corpo da vitima. Diligências foram efetuadas pela PM em torno o fato, mas sem, contudo obter êxito em identificar e prender o acusado do homicídio.

A Ciops Crato informou que, Francineide Jucá já respondia a vários procedimentos policiais e, segundo  familiares da mesma, ela era viciada em drogas.  O corpo da vítima foi traslado pela perícia forense para ser submetido a exame cadavérico na sede do órgão, em Juazeiro do Norte.

A republicação é gratuita desde que citada a fonte.

Leia também



PATOM

Enquete