Festival Regional de Quadrilhas começa nesta quinta-feira, 09

A terra do ‘santo casamenteiro’ tem quadrilhas juninas, sim, senhor. Começa nesta quinta-feira o festival regional, no IV Arraiá do Santo Forte, com competições de grandes grupos de municípios do Cariri e Centro-Sul, na cidade de Barbalha, em plena Festa de Santo Antônio. Serão 17 quadrilhas concorrendo aos prêmios, com entrega de troféus e premiações em dinheiro aos vencedores dos três primeiros lugares, nas categorias adulto e infantil. Durante a quinta e sexta-feira, as apresentações acontecem a partir das 19 horas.

O festival acontece no Parque da Cidade, com a presença de um corpo de jurados para realizar a avaliação dos grupos nas suas apresentações, em diversos quesitos. O final de semana está reservado a um grande público, que, segundo o secretário de Cultura, Antônio de Luna, tem surpreendido nesse período de festa.

O coordenador do Festival, José Soares Neto, afirma que, mesmo sem a previsão inicial de investimentos, a decisão foi fazer a festa com os recursos disponíveis. Serão R$ 15 mil dedicados ao espetáculo junino. Das seis quadrilhas infantis inscritas, se apresentam nesta quinta-feira, 09/06, quatro delas, e mais duas na sexta-feira, 10/06. Ele destaca a participação de grupos de Juazeiro do Norte, Barbalha, Campos Sales, Iguatu e Várzea Alegre.

O IV Arraiá Santo Forte é um evento filiado a União Junina do Ceará. Segundo Soares, essa será a segunda edição regional do festival. Entre os grupos participantes estão a Quadrilha do Gil, Nação Nordestina e Rochedo dos Matutinos, de Juazeiro do Norte; Santo Antônio e Verdes Canaviais, de Barbalha, entre outras. Já na categoria infantil, se apresentam na competição os grupos Nóis da Terra e Novo Rosário de Barbalha, além de Matutino Júnior, de Juazeiro do Norte.

A Festa de Santo Antônio do Pau Da Bandeira de Barbalha foi aberta no último dia 29 de maio, com o tradicional carregamento do Pau da Bandeira. Este ano, pela primeira vez, Barbalha figura como centro de realização de uma festa inserida no Registro das Celebrações, como Patrimônio Imaterial da Cultura Brasileira, título concedido pelo Instituto de Patrimônio Histórico Nacional (Iphan), após votação do Conselho Consultivo, em setembro do ano passado, em Brasília.

A festa abre o calendário das festividades juninas do Estado do Ceará e atrai, somente em seu primeiro dia de realização, cerca de 300 mil pessoas, para cortejos dos grupos de cultura popular tradicionais, além do Pau da Bandeira, com um rito de mais de 200 anos.

Programação no final de semana e procissão de encerramento

Neste final de semana, a programação segue com apresentações artísticas e os shows do cantor Luiz Fidelis e a Banda Cachorra da Mulesta, no dia 11, além das bandas Limão Com Mel e Bulé de Caminhão. No dia 12, os enamorados serão embalados ao som do cantor Marcos Lessa, juntamente com os Águias e Bonde do Brasil. No último final de semana, as atrações lotaram o Parque da Cidade.

 

A parte social da festa será encerrada no dia 12. Os festejos dedicados ao padroeiro de Barbalha, serão encerrados com grande procissão pela cidade, no dia de Santo Antônio, 13 de junho, com a participação de milhares de fiéis de todo o Cariri, numa devoção que a cada ano se torna mais forte no Município barbalhense e região.  

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados