Floresta 2 x 2 Ceará – Vozão sai atrás mas busca empate na semi do Cearense

CEARÁ - FOTO FUTEBOL INTERIOR. MARÇO DE 2019

Com o resultado, no segundo jogo, que acontecerá no dia 10 de abril às 21h30, na Arena Castelão, quem vencer passa para a final

Depois de estar perdendo por 2 a 0, na base da raça, o Ceará empatou com o Floresta por 2 a 2 na primeira partida das semifinais do Campeonato Cearense, nesta noite de quarta-feira no Estádio Domingão, em Horizonte. O time comandado por Lisca perdia até os 28 minutos do segundo tempo por 2 a 0,mas buscou a reação com Samuel Xavier e Carletos nos 15 minutos finais.

CONFIRA!

Com o resultado, no segundo jogo entre ambos, que acontecerá no dia 10 de abril às 21h30, na Arena Castelão, quem vencer passa para a final.

FLORESTA COMEÇA NA FRENTE
No primeiro tempo, o Ceará atacou mais, mas não marcou e saiu atrás com um gol do Verdão no finalzinho. O jogo começou movimentado em Horizonte com os dois times buscando o gol. Logo a sete minutos, ocorreu a primeira chegada do Ceará numa boa jogada de Ricardo Bueno que se livrou de dois marcadores, e exigiu boa defesa do goleiro alviverde Carlão.

O Floresta respondeu aos 13 e Renê bateu cruzado mas o goleiro Richard praticou a defesa. O alvinegro começou a apertar: aos 15 num tiro de Leandro Carvalho para a intervenção de Carlão; aos 18 numa testada de Richardson para a defesa tranquila do goleiro alviverde; e aos 20 num tiro de Leandro Carvalho após escanteio de Samuel Xavier.
O Vozão, do técnico Lisca seguiu pressionando: aos 23 numa cabeçada de Ricardo Bueno em centro de Felipe Silva; aos 26, num escanteio de Carleto que logo depois emendou com perigo, depois do rebote sobralense.

E como o futebol tem alguns ditados que são “infalíveis”, o Ceará martelou muito e não fez o gol. E foi “castigado” aos 41 minutos: O meia Zé Carlos arriscou um bom chute, o goleiro Richard não conseguiu segurar e no rebote Alisson serviu Renê que abriu a contagem, 1 a 0 para o Floresta, placar do primeiro tempo.

ALVIVERDE AMPLIA E VOZÃO EMPATA
A primeira tentativa do segundo período foi do Floresta num chute de Bryan para fora; logo depois, novo ataque verde aos cinco num chute de Zé Carlos mas a defesa alvinegra tirouem cima da linha fatal.

A resposta do time de Lisca forte: aos oito o goleiro Carlão evitou gol certo de Ricardo Buenoapós boa jogada de Ricardinho, Xavier e Leandro Carvalho; aos onze, Ricardinho por pouco não marca em ótimo passe de Bueno; Aos 15 o Ceará até empatou, na cabeçada de Tiago Alves, mas a arbitragem pegou falta do alvinegro na jogada.

E na base do contra-golpe, aos 28 o Floresta abriu 2 a 0: Renê puxou contra-golpe alviverde e serviu Marconi que deixou Tavares à vontade para ampliar de cabeça, 2 a 0.

O Ceará saiu com tudo para o ataque e aos 33 reduziu o placar com Samuel Xavier num cruzamento da esquerda de Felipe Silva, 2 a 1. O alvinegro pressionava e aos 38, Juninho teve grande chance mas desperdiçou. E o Ceará conseguiu o empate na raça, aos40 com Carleto que aproveitou ótimo passe de Wescley, 2 a 2. E acabou assim no Domingão, 2 a 2.

*FUTEBOL INTERIOR

Leia também



PATOM

Enquete