Fortaleza vence o Athlético Paranaense na Arena Castelão e assume a vice-liderança do Brasileirão

FOTO: Pedro Chaves/ FCF

O Fortaleza recebeu o Athletico-PR neste sábado, 23, na Arena Castelão, e não teve dificuldades para construir o placar de 3 a 0. Com gols marcados por Lucas Lima, Yago Pikachu e Robson, Tricolor dorme na vice-liderança do Brasileirão, com 48 pontos

O que preocupa é que o Tricolor perdeu dois jogadores lesionados na partida. Yago Pikachu saiu ainda no primeiro tempo com uma lesão no ombro, e Lucas Crispim deixou o campo no início da segunda etapa com dores na coxa.

O Leão do Pici agora volta as suas atenções para a Copa do Brasil, quando na próxima quarta, 27, recebe o Atlético-MG na Arena Castelão, buscando a difícil missão de reverter um placar de 4 a 0.

O jogo

Para a partida, o técnico Juan Pablo Vojvoda fez seis mudanças em relação ao time que entrou em campo contra o Atlético-MG. Os destaques foram as entradas de Marcelo Boeck, Lucas Lima e Bruno Melo como titulares. Felipe Alves, Matheus Vargas e Lucas Crispim começaram o jogo no banco.

Já o Athletico veio com um time bem modificado, visando o confronto contra o Flamengo na Copa do Brasil. Dos jogadores que foram titulares na partida de ida, só Nico Hernández, Abner e Erick viajaram para Fortaleza, e nenhum deles foi titular.

E não demorou para o Fortaleza mostrar que a estratégia do treinador deu certo. Antes de completar o primeiro minuto de partida, o Fortaleza se lançou ao ataque, e após bate rebate na área, Bruno Melo acertou a trave, e no rebote, Lucas Lima encheu o pé para abrir o placar. Apesar do gol cedo, o Tricolor continuou no campo de ataque, e já aos 6 minutos, Yago Pikachu acertou um belo chute de fora da área e ampliou.

Depois do segundo gol, naturalmente, o Fortaleza diminuiu a intensidade, mas sempre controlando as ações. O Athletico não conseguia chegar com perigo, tanto que a única finalização do clube no primeiro tempo foi uma cabeçada de Zé Ivaldo que Marcelo Boeck deu um tapa para escanteio, mas sem muita dificuldade.

O Fortaleza seguia com chegadas perigosas. Aos 36, Robson quase amplia em um chute rasante em que a bola passou raspando a trave. Aos 39 minutos, Yago Pikachu sentiu o ombro após dividida e deixou o gramado de maca. Lucas Crispim entrou.

No segundo tempo o roteiro continuou o mesmo. O Athletico com dificuldade de sair para o ataque e o Fortaleza controlando as ações e chegando mais vezes com perigo. Lucas Crispim também sentiu a coxa esquerda logo no início da segunda etapa e saiu para a entrada de Edinho.

Aos 15 do segundo tempo, Lucas Lima fez boa jogada pela esquerda e cruzou na cabeça de Robson, que marcou o terceiro do Tricolor, encerrando um jejum de 12 jogos sem balançar as redes.

Com o 3 a 0 no placar, foi só controlar a partida e esperar o apito final para comemorar a vitória e o segundo lugar na classificação.

*Conteúdo “O Povo”

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados