Garçom morre após ser lesionado à faca em Mauriti; três adolescentes suspeitos foram apreendidos em flagrante

Maicon Felipe dos Santos, de 27 anos ainda chegou a ser socorrido ao hospital de Mauriti. Antes de falecer, a vítima denunciou um dos seus agressores.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Redes sociais

Um crime de morte movimentou o plantão policial no início da tarde desta terça-feira (24), em Mauriti. O garçom Maicon Felipe dos Santos, de 27 anos que residia na Rua José Edeurico Leite, bairro Serrinha naquela cidade foi morto a golpes de faca.

O crime aconteceu na Rua Padre Macedo com a Padre Maranhão, no Parque Aconchego. O jovem ainda chegou a ser socorrido ao hospital do município, mas não resistiu. O fato chegou ao conhecimento do destacamento PM de Mauriti por volta das 14h00min, através de ligação para o 190 da assistente social da unidade hospitalar.

A patrulha militar composta pelo Cabo Luiz, Soldados Carvalho, Cavalcante e J. Souza foi até o hospital onde o médico plantonista informou que a vítima foi atingida por um objeto perfuro-cortante, possivelmente uma faca, e que antes de falecer Maicon afirmou ter sido esfaqueado pelo menor de idade, W.A.S de 16 anos, mais conhecido como “Zé Testinha” residente na vila Senhora Santana.

W. A.S., vulgo “Zé Testinha”, 16 anos suspeito de participação no homicídio contra ogarçom Maicon Felipe dos Santos, de 27 anos, em Mauriti; FOTO: REDES SOCIAIS
W. A.S., vulgo “Zé Testinha”, 16 anos suspeito de participação no homicídio contra o garçom Maicon Felipe dos Santos, de 27 anos, em Mauriti; FOTO: REDES SOCIAIS

Diante das informações, os militares se deslocaram a localidade onde mora o suspeito, vindo a encontrarem o mesmo na casa da sua irmã, Jaqueline Agostinho da Silva, de 18 anos. O adolescente foi apreendido e conduzido para a delegacia municipal de Mauriti, para serem realizados os procedimentos cabíveis.

No momento da apreensão, “Zé Testinha” ao ser indagado sobre o crime, negou ter cometido o homicídio, alegando que a ação criminosa teria sido praticada pelo também adolescente A.A.S, de 15 anos, residente na rua José Dodô, centro, Mauriti-CE, conhecido como “Allan”, juntamente com outro menor, C.D.A.B, Vulgo “Daniel”, que mora na rua Padre Argemiro centro, Mauriti-CE. Ainda segundo a Policia, Zé Testinha ainda disse que os três haviam jurado de morte a vítima, pois existia uma rixa entre eles por acharem que Maicon participou do homicídio de “Natan”, ocorrido no dia 24 junho de 2020.

SAIBA MAIS

“Zé Testinha” acrescentou em seu depoimento que ficou acertado entre ele, Allan e Daniel que quem encontrasse primeiro Maicon podia mata-lo. Diante das informações repassadas pelo suspeito, os militares iniciaram as diligências para capturar os outros envolvidos, dando conhecimento ao delegado sobre o homicídio. Foram feitas incursões nos possíveis locais de “Allan” e “Daniel”, com o apoio dado ao delegado do município que obteve êxito na captura dos dois suspeitos”, bem como em localizar e apreender o instrumento utilizado na pratica do crime. Com isso foi confeccionado um ato infracional análogo a homicídio doloso Art. 121 do código Penal.

Reprodução autorizada mediante citação da Agência Caririceara

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados