Gestão municipal do Crato não apresenta proposta de reajuste em assembleia dos servidores da educação

Gestão municipal do Crato não apresenta proposta de reajuste em assembleia dos servidores da educação (2)

João Vieira/Agência Caririceara.com
Foto: João Vieira
Colaboração do radialista Paulo Dimas

O Sindicato dos Servidores Municipais do Crato – Sindsmcrato realizou na manhã desta quinta-feira (09), no auditório da Associação Comercial, uma assembleia para discutir e deliberar sobre diversos assuntos de interesse dos professores e servidores da Educação.

A assembleia contou com a presença de representantes da gestão municipal que fizeram uma rápida explanação sobre a situação financeira.

O secretário de Finanças Carlos Eduardo Marino afirmou que no momento não é possível a Administração Municipal se posicionar quanto a proposta de reajuste salarial apresentada pelo sindicato, que é de 7,74% para os professores e 6,58% para os servidores que recebem acima de um salário mínimo……………

A presidente do Sindsmcrato, Denise Pinheiro disse que a categoria se mostrou insatisfeita, pois o tempo está passando e a gestão não apresenta sua proposta de reajuste salarial. Por falta de condições de trabalho, entre outros fatores, decidiram não iniciar as aulas, na próxima segunda-feira (13), conforme estava programado no calendário letivo do município………………..

O secretário de Administração, Luís Carlos Saraiva ressaltou que são justas as reinvindicações da categoria, inclusive foi criada uma mesa de negociação para se chegar a um consenso ………………………

O vice-presidente do Simdsmcrato, Oldack César, afirmou que não está se exigindo um aumento fora da realidade, apenas o cumprimento da lei federal que determina o reajuste…………………..

A Presidente do Conselho do Fundeb, Arlane Marquele, informou que os repasses dos valores do Fundeb para o Crato, em janeiro e em fevereiro são maiores que os de 2016……………

O professor Amâncio Pimentel destacou a presença da gestão municipal na discussão, no entanto, não concordou com a falta de proposta, uma vez que dois meses e meio se passaram e os salários dos professores estão defasados, necessitando urgentemente do reajuste…………………

Leia também



PATOM

Enquete