Governadores reagem à ameaça de Bolsonaro

Governador de São Paulo, João Doria (arquivo)Credit…Antonio Cruz/Agência Brasil

Horas depois de o presidente Jair Bolsonaro afirmar em entrevista, na última sexta-feira (23), que as Forças Armadas podem ir às ruas para, segundo ele, “acabar com essa covardia de toque de recolher”, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), reagiu afirmando que “a postura demonstra mais uma vez o quanto Bolsonaro tem devoção pelo autoritarismo e alergia à democracia”. Um dos alvos principais de Bolsonaro, o governador paulista reafirmou p papel dos governadores e prefeitos no combate à pandemia de covid-19, em contraste com Bolsonaro. “Ele (o presidente) selou uma pacto com a morte que só não é maior no Brasil por conta da ação de governadores e prefeitos”.

Na entrevista em que ameaçou as autoridades que enfrentam a pandemia com ações mais duras de distanciamento, Bolsonaro voltou a criticar as medidas de restrição adotadas pelos governadores para conter o coronavírus e a defender o uso da cloroquina, remédio ineficaz contra a covid-19.

*Jornal do Brasil

Leia também



barbalha 24.jan-2022

Enquete

Este ano haverá eleições. Qual deve ser a prioridade dos candidatos a Presidente e a Governador?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...

Copyright Site Caririceara. Todos os direitos reservados. ©2012 —2022