Governo do Ceará anuncia concurso público para a Semace

Mais uma boa notícia para quem pretende tornar-se um servidor público. O Governo do Ceará autorizou nesta quarta-feira (16) a realização de mais um concurso. Dessa vez para a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace).

Serão 31 vagas para nível superior, para os cargos de Fiscal Ambiental e Gestão Ambiental. De acordo com a Semace, poderão concorrer candidatos com as seguintes formações: Engenharia Florestal, Engenharia Agronômica, Geologia, Arquitetura, Engenharia Civil, Engenharia Ambiental, Engenharia Sanitária, Tecnologia em Saneamento ou Gestão Ambiental, Biologia, Engenharia de Pesca, Química, Geografia, Química Industrial ou Tecnologia em Processos Químicos.

“Além da Semace, lançaremos neste ano uma série de concursos, entre eles para as nossas universidades estaduais (Uece, UVA e Urca), Metrofor, Arce e secretarias de Proteção Social e do Desenvolvimento Agrário”, comentou o governador Camilo Santana através das redes sociais.

Para o secretário estadual do Meio Ambiente, Artur Bruno, “a Semace tem cada vez mais trabalhado para garantir o licenciamento, a fiscalização e o monitoramento de empreendimentos e fiscalização no que se refere aos crimes. Faz isso em parceria com a Polícia Ambiental, com a própria Secretaria do Meio Ambiente, com os órgãos municipais e ambientais. No entanto, o trabalho hoje é muito grande, o Ceará cresceu, há muitos investimentos, há muitos empreendimentos e temos a necessidade de mais técnicos, sobretudo na área de licenciamento e fiscalização. O governador Camilo Santana, sensível, como ambientalista que é à causa ambiental, decidiu fazer este concurso, que com certeza dará mais agilidade ao trabalho da Superintendência.”

O superintendente da Semace, exaltou a importância da seleção para o desenvolvimento do trabalho do órgão. “Será apenas o segundo concurso da história da Semace, e será de suma importância, sobretudo nesse momento que o Ceará está, em um protagonismo do desenvolvimento nacional, sendo primeiro lugar em investimentos públicos. Então a Semace é a porta de entrada desses grandes investimento, pois precisam do licenciamento ambiental para tocar as obras, e esse aporte de técnicos será necessário pra atender melhor a demanda a partir de todo o desenvolvimento que o Ceará se encontra”, finalizou.

Além do governador e do secretário estadual do Meio Ambiente, participaram da reunião a vice governadora, Izolda Cela, o secretário chefe da Casa Civil, Chagas Vieira, e Carlos Alberto Mendes, superintendente da Semace.

*Governo do Ceará

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-07-28 at 08.57.10

Enquete