Greve dos Servidores do Município de Juazeiro vai fazer 30 dias

Juazeiro do Norte. No próximo domingo (30), completa um mês desde a deflagração da greve dos servidores públicos municipais da maior cidade do interior cearense. Grevistas e Prefeitura não chegaram a um acordo. “A greve continua. Não vamos nos deixar vencer pelo cansaço”, pontua o presidente do Sindicato dos Servidores Municipais de Juazeiro do Norte (Sinsemjum), Marcelo Alves.

Segundo o líder sindical, “diversos setores aderiram à paralisação”, com destaque para os profissionais da Saúde, área de fiscalização e arrecadação tributária do município, Guarda Municipal e Assistência Social.

Os funcionários, conforme o Sindicato, reivindicam reajuste salarial e majoração de gratificações, melhoria de condição de trabalho, realização de concursos públicos e a criação de um calendário anual de pagamento salarial. “No que diz respeito ao aumento salarial, pedimos a partir de 6,71%, para alguns setores e funcionários, até 16,81%”, diz Marcelo. Conforme explica, “quanto maior o salário, menor o reajuste. E quanto menor, maior será o reajuste”. O maior aumento pedido é para função de auxiliar de saúde bucal (16,81%) e o menor, para médico (6,71%).

Em contrapartida, segundo a Prefeitura, os servidores “reivindicam um aumento que não está dentro da realidade do Município”. “A gestão e o Sindicato estão, desde o início do ano, em constante diálogo a fim de se chegar a um consenso. Houve mais de dez reuniões”, detalhou a assessoria de comunicação da Prefeitura.

Conteúdo do Diário do Nordeste

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados