Guerrilha do Ato Dramático Caririense apresenta o Projeto Teatro Galpão Maria Fumaça a Gestão Municipal do Crato

CENTRO CULTURAL DO ARARIPE EM CRATO. FOTO: JOTA LOPES/AGÊNCIA CARIRICEARA.COM
CENTRO CULTURAL DO ARARIPE EM CRATO. FOTO: JOTA LOPES/AGÊNCIA CARIRICEARA.COM

João Vieira/Agência Caririceara.com
Foto: Jota Lopes
Colaboração do radialista Paulo Dimas

A Guerrilha do Ato Dramático Caririense representada por seu Coordenador Cacá Araújo e a Sociedade Cariri das Artes através de sua Presidente Joseany Oliveira, apresentaram a Gestão Municipal do Crato o Projeto Teatro Galpão Maria Fumaça.

O Projeto que aguarda parecer do Prefeito e do Secretário de Cultura, consiste em parceria com vistas à ocupação de um dos lados do Galpão da RFFSA para dinamização das artes cênicas através do acolhimento de grupos e companhias de teatro, dança e circo de nossa cidade, com espetáculos e ações de formação e intercâmbio, além de outras linguagens como cinema, música e folguedos.

O complexo da antiga RFFSA (Estação de trem do Crato), inaugurado em 1926, hoje denominado Centro Cultural do Araripe é um patrimônio histórico e arquitetônico que precisa cumprir sua missão de servir ao desenvolvimento sociocultural e turístico de nossa cidade, proporcionando entretenimento, lazer, arte e cultura.

Três prédios antigos lá existem. Um, a Casa do Agente, sedia a Secretaria de Cultura; o principal, onde havia embarque e desembarque de passageiros, está sem destino definido, já tendo abrigado há dois anos a Feira Cariri Criativo, alguns esporádicos eventos, e, mais recentemente, em dezembro passado, sediou a 8ª Guerrilha do Ato Dramático Caririense; e o terceiro, aquele que era o depósito de material trazido e levado pelo trem cargueiro, possui um auditório e, em parte de suas dependências, funciona um restaurante.

O prédio principal da RFFSA, conhecido como galeria ou galpão, possui dois ambientes relativamente amplos, um deles, onde aconteceu a Guerrilha, dispõe de 2 banheiros e área reservada que serviram de camarim.

A proposta é que naquela parte funcione o que poderá ser chamado de TEATRO GALPÃO MARIA FUMAÇA, em referência à sua história, explorado com fins culturais e artísticos.

O Coordenador da Guerrilha do Ato Dramático Caririense, Cacá Araújo fala a Reportagem acerca do Projeto…………………………

Cacá Araújo destaca que o Projeto já foi enviado ao Prefeito e ao Secretário de Cultura do Crato…………………………

Leia também



PATOM

Enquete