Homem é morto com dez tiros no Pio XII e outro à facada no Aeroporto, em Juazeiro.

Homem é morto com dez tiros no Pio XII e outro com um golpe de faca peito esquerdo no Bairro Aeroporto, em Juazeiro.

Redação/Agência Caririceara.com
Foto: reprodução/WhatsApp

Dois crimes de morte foram registrados em Juazeiro do Norte, no intervalo  de menos de cinco horas. O primeiro ocorreu por volta das 19h39min,  ontem (07), no cruzamento das Ruas Domingos Sávio com Santa Tereza, Bairro Pio XII. Francisco de Oliveira, 35 anos, o “Nego Silas,  como era mais conhecida vítima morreu ao sofrer dez disparos  de arma de fogo. Ele foi alvejado duas vezes no braço esquerdo, três na axila lado direito, dois no rosto e três no peito.

Populares disseram a polícia que uma pessoa desconhecida ocupantes de um veículo de cor preta de marca e modelo não identificados teria sido o autor do crime.  O Samu ainda chegou a ser acionado, mas ao chegar os socorristas apenas  atestaram o óbito.  “Nego Silas” trabalhava no mercado central de Juazeiro do Norte, e era um dos organizadores do reisado do bairro PIO XII.

Já por volta de 00h11min, deste domingo (08)  chegou ao conhecimento da Ciops Juazeiro através do Samu que no cruzamento das Ruas Joaquim Cruz com João Rocha Bairro Aeroporto, uma pessoa do sexo masculino havia sido lesionada a faca no peito esquerdo e socorrida por populares a Unidade de Pronto Atendimento  24h do Limoeiro. Uma equipe de militares se dirigiu a UPA, e ao chegar tomou conhecimento de que o lesionado havia chegado a óbito antes de dá entrada no setor de emergência daquela unidade de saúde. A vítima não portava nenhum documento de identificação e teve o corpo encaminhado ao Núcleo de Ciências Forense (Antigo Instituto Médico Legal-IML) regional do cariri onde foi identificada por familiares. A mesma trata-se de Felipe Lissandro Barros,18 anos que morava na rua Marias das Dores 1657, bairro Aeroporto.

Com estas duas mortes, subiu para oito o número de pessoas assassinadas neste de janeiro em Juazeiro do Norte. O ultimo caso vitimou,  Lúcio Ramires Clemente de Sousa, 33 anos que residia na rua Otonho Lira Cruz,420 no bairro João Cabral. Por volta de 00h45min,  da quarta-feira (04),  ele teve sua casa invadida por dois indivíduos não identificados que chegaram quebrando a porta do imóvel para em seguida lesionar o mesmo com um tiro no braço direito e outro na altura do tórax, para depois fugirem sem deixa pistas. A polícia foi avisada do ocorrido por populares e socorreu Lúcio ao hospital regional do Cariri, mas ele não resistiu aos ferimentos e veio a falecer por volta das 08h30min.

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-06-20 at 16.09.29

Enquete