Homicídio em Barbalha e achados de cadáveres em Crato e Juazeiro do Norte

A vítima assassinada em Barbalha tinha sido notificada para depor na tarde desta segunda-feira, na Delegacia de Polícia civil daquele município sobre um furto por ela cometido na semana  passada na companhia de um comparsa. Já as vítimas encontradas em óbito, seus corpos já se achavam em estado de putrefação.  

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Redes sociais

Um homicídio por disparos de arma de fogo e dois achados de cadáveres foram registrados na região do cariri, nesta segunda-feira (16).  O primeiro caso aconteceu em Juazeiro do Norte, onde a pessoa de Marcelo da Silva, de 41 anos foi encontrado por volta das 08h30min em óbito com o corpo já em estado de putrefação no interior da casa onde morava na rua Carlos Gomes no bairro Salesianos. O fato foi comunicado à polícia pelo proprietário do imóvel onde a vítima reside há seis meses.

Cerca de três horas depois, o ex-presidiário, William Cordeiro Bezerra, de 18 anos  de idade foi assassinado a tiros na Rua P7, no Sitio Mata Dos Limas, em Barbalha. Segundo testemunhas, um homem não identificado o foi autor da ação criminosa, o qual  empreendeu tomando rumo ignorado.

Há poucos dias William tinha saído cadeia e vinha sendo monitorado através de tornozeleira eletrônica. De acordo com informações colhidas pelo site Caririceara junto a polícia Civil, na semana passada William cometeu um furto na companhia de um comparsa, quando a polícia foi acionada, mas o mesmo conseguiu fugir durante a abordagem policial.

Após trabalho investigado da Policia Civil, William foi identificado e notificado para ser ouvido na tarde de hoje sobre a prática do furto, mas acabou sendo assassinado por um desconhecido. A motivação e as circunstâncias de como aconteceu o homicídio, estão sendo investigadas pela polícia judiciária.

Já por volto do meio-dia, a polícia do Crato foi informada sobre o achado de um corpo do sexo masculino numa estrada que liga o bairro Vila Lobo ao Barro Branco (bairro Nossa senhora de Fátima). A vítima foi identificada como, Francisco Bruno Batista dos Santos, o Bruno, que morava no Alto da Penha. Corpo já se encontrava em decomposição.  Nos três casos, os cadáveres foram recolhidos pela perícia forense do cariri para necropsia na sede do órgão, em Juazeiro do Norte.

A republicação é gratuita desde que citada a fonte.

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Você acha que motoristas alcoolizados devem ser considerados criminosos?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados