Hospital Sto Antônio, em Barbalha, recebe nova usina de oxigênio

Unidade de saúde já produz o próprio oxigênio; em menos de um mês deve dobrar a capacidade

Para evitar um colapso na saúde local com a falta de oxigênio, como aconteceu há algumas semanas na capital do Amazonas, Manaus, o Hospital Santo Antônio (HSA), mantido pela Fundação Otília Correia Saraíva, FOCS, adquiriu uma usina para fabricação do próprio oxigênio utilizado no complexo hospitalar (Hospital do Coração e Hospital Sto Antônio).

O equipamento será para atender a todos os leitos, inclusive os de Covid-19 do HSA, bem como os do Hospital do Coração do Cariri (HCC).

O investimento custou mais de R$ 1 milhão de reais e foi adquirido com recursos próprios. Os equipamentos chegaram nesta segunda-feira, 05 de abril e foram comprados no Paraná. A direção do hospital informa que em até 15 dias, a nova usina já estará funcionando, podendo ser utilizado o oxigênio a qualquer momento, sem riscos nenhum de haver um desabastecimento no fornecimento, caso ela seja sobrecarregada pela quantidade máxima de pacientes.

*Conteúdo Commonike

Leia também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados