Juazeiro do Norte é pioneiro no Estado na reeducação de homens agressores de mulheres

g_20191119045107_40561

O município de Juazeiro do Norte, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho (Sedest), lançou nesta segunda-feira, 18, o Projeto ‘Das Marias’ com o primeiro grupo reflexivo de violadores da Lei Maria da Penha. O projeto possibilita a reeducação de homens agressores através de acompanhamento psicossocial com equipe especializada do Centro de Referência da Mulher (CRM).

Os agressores chegam ao Projeto através de ordem judicial como parte da medida protetiva e são obrigados a participar de reuniões coletivas em que são abordados temas como gênero, autoestima, disciplina, violência doméstica contra a mulher, patriarcado, direitos das mulheres, constituição das relações familiares, dentre outros, com espaço para a verbalização dos autores do fato que trocarão experiências em busca de entender o caráter negativo da violência doméstica. Na ocasião, 14 homens que cumprem medida participaram da primeira sessão reflexiva.

Estiveram presentes na sessão, o Secretário da Sedest, Sandoval Barreto, a Secretária de Saúde, Francimones Albuquerque, a Secretária de Segurança Pública e Cidadania, Ivoneide Tenório, a Diretora da Proteção Social Especial, Raquel Pinheiro, o Juiz da Vara da Violência Doméstica, Dr. José Arcelino Jácome, o Defensor Público da Vara da Mulher, Dr. Emanuel Santana, o Defensor Público do Núcleo de Enfrentamento à Violência contra a Mulher (Nudem), Dr. Rafael Vilar, e representando a Delegacia de Defesa da Mulher, Mário Gomes.

Leia também



PATOM

Enquete