Justiça cassa mandatos de prefeito e vice de Araripe

Prefeito de Araripe, Cícero Ferreira da Silva, PDT, e vice José Orlando de Albuquerque. FOTO: DIVULGAÇÃO
Prefeito de Araripe, Cícero Ferreira da Silva, PDT, e vice José Orlando de Albuquerque. FOTO: DIVULGAÇÃO

A Justiça Eleitoral cassou nesta quarta-feira, 16, os diplomas e mandatos eletivos do prefeito de Araripe, Cícero Ferreira da Silva, PDT, e do vice José Orlando de Albuquerque, bem como os tornou inelegíveis por oito anos. Os motivos da cassação foram abuso econômico e omissão de gastos de campanha na prestação de contas. por omissão de gastos de campanha na prestação de contas, prática de “caixa-dois” e abuso de poder econômico.

O juiz eleitoral Sylvio Batista dos Santos Neto pontou na decisão que a cassação dos diplomas dos candidatos, “além de constituir sanção proporcional e razoável às condutas perpetradas, assume importante caráter pedagógico para que se desenvolvam campanhas mais hígidas e transparentes e para transmitir a informação de que a figura do “caixa dois” não é tolerada pela Justiça e deve ser alijada do processo eleitoral”.

O Cícero de Deus, como é mais conhecido, disse ao blog Potengi na Internet que está tranquilo e recorrerá da decisão ao Tribunal Regional Eleitoral do Ceará. Ele foi eleito em novembro do ano passado com 6.781 votos, ou seja, 52,15% dos votos válidos. Prefeito e vice permanecem no cargo até o julgamento do recurso.

*Conteúdo do Blog do jornalista Lucion Oliveira

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Eleitorado nas urnas: você é a favor do voto impresso?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados