Live em que Barroso teria dito que se esforçaria para Bolsonaro não ser reeleito sequer existiu, diz Supremo Tribunal Federal

Segundo postagens nas redes sociais, ministro do Supremo declarou a juízes franceses que atual presidente só venceria as eleições novamente se passasse por cima de seu cadáver

A postagem que viralizou nesta semana nas redes sociais que traz a suposta declaração do ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Luís Roberto Barroso de que “Bolsonaro será reeleito se passarem por cima do meu cadáver” foi inventada.

Barroso teria dado a declaração em uma live com juízes franceses. A postagem só conta com um parágrafo.

Além dessa afirmação, é imputado a Barroso um elogio ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o principal rival de Bolsonaro na corrida presidencial.

Em nota enviada à imprensa, o STF ressalta ser falsa a declaração atribuída ao ministro sobre o presidente da República. O gabinete de Barroso também informou que “tal encontro virtual nunca ocorreu”.

O Brasil vive a naturalização da mentira. Há uma nova atividade no país: a de traficante de notícias falsas. Vivemos uma decadência ética profunda“, comentou Barroso sobre a notícia que envolvia o seu nome.

O site que publicou a fake news replica uma série de outras informações falsas que envolvem outras personalidades políticas e também contra atores que fazem oposição ao governo federal.

Outro fator que expõe a falta de credibilidade do site está na seção que permitiria entrar em contato com os administradores da página.

O endereço, correio eletrônico e telefone para contato trazem nomes e números genéricos, como no caso do telefone (11) 1234 5678.

Ficou em dúvida sobre uma mensagem de aplicativo ou postagem em rede social? Encaminhe para o MonitoR7, que nós checamos para você (11) 99240 7777.

*Conteúdo do Portal R7

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-07-28 at 08.57.10

Enquete