Mais um suspeito de participação em chacina registrada em Juazeiro do Norte é capturado

Foto: Reprodução/Redes sociais
Foto: Reprodução/Redes sociais

Criminosos invadiram uma casa e assassinaram uma mulher e três homens; cinco pessoas ficaram feridas, entre as quais uma menina de 4 anos. 

Dando continuidade aos trabalhos policiais na região do Cariri, equipes da Polícia Militar  capturaram mais um suspeito de participação em uma ocorrência na madrugada dessa terça-feira (8), que resultou nas mortes de quatro pessoas em Juazeiro do Norte . Na ofensiva, que ocorreu em Barbalha (AIS 19), outras quatro pessoas foram capturadas com armas, munições, drogas e dinheiro. O flagrante foi registrado em uma unidade da Polícia Civil.

Após tomarem conhecimento sobre as localizações de outros partícipes do crime, equipes do Comando de Policiamento de Rondas de Ações Intensivas e Ostensivas (CPRaio) da Polícia Militar se deslocaram até o bairro Mata dos Limas, em Barbalha. Após diligências, Cícero Leonardo Rodrigues dos Santos, de 19 anos conhecido como “Bida”, com passagens por posse ilegal de arma de fogo; Wemerson Honorato dos Santos (32), conhecico como “Bê”, com passagens por roubo, corrupção de menor e falsa identidade, foram localizados em um imóvel da região.

Ainda durante os trabalhos policiais no bairro, Francisco Ayran dos Santos Nunes (23), Natanael Cavalcante da Silva (26) e um adolescente de 16 anos também também foram capturados. Na ofensiva, um simulacro de pistola, dois revólveres, 24 munições de calibres 12, 32, 38 e .40, além de 97 gramas de maconha, 25 gramas de cocaína, dinheiro e um automóvel foram apreendidos.

O grupo foi conduzido para a Delegacia Regional de Juazeiro do Norte, onde foi ouvido. Após oitivas, Cícero Leonardo foi autuado por posse ilegal de arma de fogo. Ele é suspeito também de participação nas mortes registradas na cidade e está sendo investigado no inquérito policial do caso.

Francisco Ayran foi autuado também por tráfico e associação para o tráfico.  Ainda na unidade policial, Natanael e Wemerson foram autuados por posse ilegal de arma de fogo. Já para o adolescente de 16 anos foi lavrado um ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas. A Polícia Civil segue com as investigações em andamento.

Outras prisões

No mesmo dia do crime (8), Paulo Samuel da Silva (21 anos), com passagem por porte ilegal de arma de fogo, e Paulo Henrique da Silva (25 anos), com antecedentes por falsa identidade, foram capturados após ações da PMCE. Eles foram conduzidos à delegacia da Polícia Civil, onde foram autuados em flagrante por homicídio. As apurações estão a cargo do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa (NHPP) da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte.

O crime

De acordo com os levantamentos policiais, as vítimas – um homem de 34 anos, com passagens por homicídio, porte ilegal de arma de fogo e furto; um homem de 29 anos, com passagens por extorsão e crime contra a administração pública; uma mulher de 44 anos, com antecedentes por tráfico de drogas; e um adolescente de 16 anos – foram mortas a tiros por indivíduos dentro de um imóvel no bairro Triângulo. Durante a ação criminosa, outras cinco pessoas foram baleadas e socorridas para uma unidade hospitalar. Três delas já receberam alta hospitalar.

Denúncias

A população pode contribuir com as investigações repassando informações que auxiliem os trabalhos policiais. As informações podem ser encaminhadas para o telefone (88) 3572-1736, do Núcleo de Homicídios e Proteção à Pessoa de Juazeiro do Norte (NHPP) da Delegacia Regional de Juazeiro do Norte.

As denúncias podem ser feitas ainda para o número 181, o Disque-Denúncia da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), ou para o (85) 3101-0181, que é o número de WhatsApp, por onde podem ser feitas denúncias via mensagem, áudio, vídeo e fotografia. O sigilo e o anonimato são garantidos.

*Fonte: Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) do Ceará

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-07-28 at 08.57.10

Enquete