Médico é preso suspeito de crime sexual em Orós; prisão ocorreu em cumprimento a mandado judicial

Foto: Ilustração/Internet
Foto: Ilustração/Internet

A Polícia Civil  cumpriu um mandado de prisão preventiva em desfavor de um médico de 71 anos, na cidade de Orós. A ação ocorreu nesta sexta-feira (1º). Atualmente, o suspeito se encontra em uma unidade prisional da região, após ser autuado em flagrante por violência sexual mediante fraude.

A expedição do mandado é relativa a uma ocorrência envolvendo o estupro de uma mulher em dezembro de 2021. O novo caso veio à tona após a criação de uma força-tarefa, encabeçada pelo Departamento de Proteção de Grupos Vulneráveis (DPGV), pelo Departamento de Polícia Judiciária do Interior Sul (DPJI-Sul) e pela Delegacia Regional de Icó, destinada a investigar crimes em que o médico estaria envolvido.

Na terça-feira (29), o homem já havia sido autuado em flagrante, após uma vítima – outra paciente natural de Orós – registrar um Boletim de Ocorrência na Delegacia Municipal de Orós, minutos após realizar uma consulta numa unidade hospitalar e sofreu a violência sexual. Com isso, o homem foi capturado pela Polícia Militar.

 

Leia também



PATOM
WhatsApp Image 2022-07-28 at 08.57.10

Enquete