Morre no hospital de Brejo Santo (CE) agricultor vitima de acidente ocorrido em Umari (CE) e motociclista após cair do seu veiculo em Farias Brito

NÚCLEO-DE-CIÊNCIAS-FORENSES-04 FOTO_JOTA LOPES_AGÊNCIA CARIRICEARA.COM

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Arquivo/ Caririceara.com

Duas pessoas morreram na manhã deste domingo (15), no cariri em consequência de acidentes de transito. Por volta de 00h20min, na CE 386,  em Farias Brito o estudante Pedro Pereira Batista, 18 anos de idade que morava na Rua Caboré, distrito de Cariutaba neste município  morreu ao cair da moto que guiava.

Segundo informações de populares repassadas a polícia, a vítima dirigia motocicleta Honda/CG 125 Fan, cor preta, ano 2007, em nome de Antonia Lina de Sales pela rodovia estadual quando ao chegar numa curva próximo ao posto Frankazzy na zona urbana, perdeu o controle do veiculo, se desequilibrou  e caiu ficando gravemente ferido.

A patrulha militar composta pelo sargento Valdemar, Cabos Pio Junior e Victor, Soldados Idenyo e Thiago Nunes compareceu ao local e solicitou a presença de uma equipe do SAMU, mas os profissionais ao examinaram o  acidentado  constataram o óbito. Após a confirmação da morte, os policiais acionaram a Perícia forense que recolheu o corpo para ser necropsiado na sede do órgão em Juazeiro do Norte.

Cerca de dez minutos antes, o agricultor Francisco Vieira Furtado, de 53 anos, faleceu em um dos leitos do Hospital Geral de Brejo Santo. Ele residia no Sítio Muquém na zona rural de Porteiras (CE) e por volta das 15 horas  do dia 24 de julho trafegava num veículo  Fiat modelo Mobi Like, ano/modelo de fabricação 2019, de cor preta e placas PNO-7472, inscrição de Porteiras pela BR 116 no município de Umari (CE), quando á altura do KM 403 da rodovia federal o carro ficou desgovernado e capotou.

Além dele viajavam no automóvel, João Rafael Alves Furtado, Maria do Socorro Aristides Alves Furtado, Maria Gelsa Vieira Furtado e Ana Clara da Silva. Todos foram socorridos  para hospital de Umari e, em seguida transferidos para o a unidade hospitalar de Porteiras.

O quadro clínico de Francisco se complicou e ele foi  encaminhado ao Hospital Regional do Cariri em Juazeiro onde passou 33 dias internado. Depois ter recibo alta e voltado para casa, na sexta-feira (13)  o mesmo veio a passar mal e foi levado ao hospital de Brejo Santo onde morreu 53 dias do acidente. A perícia forense foi avisada do óbito e recolheu o corpo da vítima a afim de ser submetido a exame cadavérico.

A republicação é gratuita desde que citada a fonte.

Leia também



PATOM

Enquete