MPCE deflagra operação “Contabilis” em quatro cidades do Cariri

O Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) deflagrou, na manhã de hoje, a operação “Contabilis” na região do Cariri, tendo como alvos contadores, contabilistas, assessores de contabilidade e pessoas físicas que teriam recebido valores por serviços não prestados ao Município de Santana do Cariri. A fraude estaria estimada em mais de R$ 400 mil, apenas em 2015. O sócio da empresa Pontual Contabilidade, Airton Salviano de Lima, foi preso preventivamente.

Foram cumpridos mandados de busca e apreensão e de prisão preventiva nas comarcas de Crato, Barbalha, Juazeiro do Norte e Várzea Alegre, contra seis pessoas investigadas em suposto desvio de verbas públicas. De acordo com as investigações, Airton Salviano de Lima tinha acesso ao sistema e ao encaminhamento de pagamentos  de Santana do Cariri, tendo tais pagamentos sido feitos para os outros cinco envolvidos. Ele é investigado por supostamente ter pago para si mesmo e para a própria esposa, em 2015, a quantia de mais de R$ 75 mil.

Os mandados de busca e apreensão e o de prisão preventiva foram expedidos pelo juiz substituto de Santana do Cariri, Christiano Silva Sibaldo de Assunção. A operação contou a participação de seis promotores, três delegados e mais de 20 inspetores de polícia.

Fot: Divulgação

Fonte: Ministério Público do Ceará

 

Nota de esclarecimento governo municipal de Santana do Cariri

A Prefeitura Municipal de Santana do Cariri/CE, através da sua assessoria de imprensa, vem tecer esclarecimentos a respeito da matéria intitulada: “MPCE deflagra operação “contabilis” em quatro municípios da região do Cariri”, divulgada no site daquele Órgão em 07 de abril de 2016.

Referida operação, segundo o MPCE, teve como alvos contadores, contabilistas, assessores de contabilidade e pessoas físicas que teriam recebido valores por serviços não prestados ao município de Santana do Cariri, sendo que, dentre os mandados cumpridos (busca e apreensão e de prisão preventiva) resultou na prisão do Sr. Airton Salviano de Lima.

Em 15 de janeiro de 2016, o Município de Santana do Cariri, por intermédio de sua Procuradoria e Assessoria Jurídica, protocolou, junto ao MPCE local, uma Notícia Crime (nº 010/2016), noticiando que haviam sido detectados alguns pagamentos sem autorização e a consequente não prestação dos serviços, verificação inicial feita através de uma simples consulta ao Portal da Transparência. Após a constatação, com o auxílio dos setores técnicos da Prefeitura, verificou-se que foram montados simulacros de pagamentos apenas no sistema da contabilidade, sem a existência de processos de pagamentos físicos.

Concomitantemente a Noticia Crime, a Prefeita Daniele de Abreu Machado, através da Portaria nº 1501001/2016, de 15 de janeiro de 2016, deu início a um Processo Administrativo de investigação para a apuração dos fatos, processo este onde já foram ouvidas aproximadamente vinte pessoas, dentre elas pessoas físicas e jurídicas, bem como realizada a colheita de provas robustas dos fatos. Referido Processo encontra-se em faze de conclusão, restando apenas a apresentação do relatório final por parte da Comissão.

Como bem demonstram os fatos, a Prefeita Danieli de Abreu Machado não compartilha com maus feitos em hipótese alguma, ao contrário, prezando sempre pela ética e pelos princípios que regem a Administração Pública, percorre o caminho da justiça em defesa do povo santanense que tanto já sofreu nas mãos de interesseiros e aproveitadores.

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Eleitorado nas urnas: você é a favor do voto impresso?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados