Mulher é estuprada por homem que conheceu nas redes sociais em Várzea Alegre

Vítima disse a Polícia ter conhecido o suspeito pelas redes sociais e convidado o individuo para ir a sua residência participar de uma bebedeira com amigos.

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Foto: Arquivo/ Caririceara.com

Uma mulher foi abusada sexualmente na madrugada deste sábado (13), em Várzea Alegre. O fato chegou ao conhecimento da Polícia Militar por volta das 04h45min, através do telefone de emergência 190.

Uma patrulha militar compareceu ao local da ocorrência, no bairro Centro onde a vítima relatou que se encontrava em casa com um grupo de amigos e mais dois homens, que teria conhecido pelas redes sociais e convidando os mesmos para irem a sua residência participarem de uma bebedeira. A mulher acrescentou que no decorrer da noite, ela se embriagou e foi para sua cama dormir e horas depois, se acordou nua e sangrando em cima da cama com um dos homens que conheceu pelas redes sociais em cima dela praticando relações sexuais sem o seu consentimento.

Ainda segundo o relato da vítima, o suspeito, ao perceber que a mesma tinha acordado, empreendeu fuga tomando rumo ignorado. A composição policial conduziu a vítima juntamente com uma testemunha para Delegacia Regional do Iguatu. Na DP o Delegado plantonista ouviu as partes, para depois encaminhar o procedimento para Delegacia Municipal de Polícia Civil de Várzea Alegre, onde a denuncia será apurada através de portaria.

Maus-tratos a criança

Neste sábado, por volta das 13h45min, representantes do Conselho Tutelar de Várzea Alegre compareceram a sede da 3ªCia/10ºBPM relatando que receberam uma denúncia de que no Bairro Patos, um pai estava agredindo um filho menor de idade. De pronto a composição da VTR-10143 se deslocou até o local mencionado onde constatou a veracidade do fato.

Segundo policiamento que atendeu a ocorrência, o homem admitiu que havia batido na criança, pelo motivo de que o mesma derrubou seu outro filho, e, por isso, deu um tapa nas costa da vítima. Diante dos fatos, o acusado, a mãe e a criança, foram conduzidos para a Delegacia Regional de Iguatu, na companhia das Conselheiras Tutelares, e apresentados ao Delegado Plantonista, o qual fez a autuação por maus-tratos.

Reprodução autorizada mediante citação da Agência Caririceara

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados