Observatório da Violência e Direitos Humanos realiza Descentralização de Atividades para a região Centro-Sul

IGUATU - OBSERVATÓRIO DA VIOLÊNCIA .. (Copy)

Um dia histórico para os que compõem a comunidade acadêmica do campus Iguatu da URCA, aconteceu no último dia 26, com a Descentralização do Observatório da Violência e Direitos Humanos. A Unidade que é composta de 109 professores, 1.380 alunos e dezenas de servidores se fortalece nos estudos e conquista na área dos direitos humanos. A Região Centro-Sul do Estado conta com população demográfica de mais de meio milhão de habitantes, polo regional, onde fica a sede do campus, ultrapassando a marca dos 100 mil habitantes.

Projeto de destaque da Universidade, vinculado à Reitoria, e que já desenvolve relevante trabalho na Região do Cariri, a partir de agora passará a desempenhar importante papel na Região Centro-Sul do Estado, configurando-se como espaço relevante de monitoramento da Violência e dos Direitos Humanos, nesta importante região que integra o raio geo-educacional da URCA.

Foi realizada reunião para formação do Núcleo Gestor Local, que está sendo formados por professores que compõem os colegiados de Curso da Unidade e representantes da sociedade civil. A Professora Grayce Alencar, coordenadora do Observatório, preside as atividades de descentralização. Na ocasião, foram eleitos para compor o Núcleo Gestor Local os Professores = Misrelma Moura (Enfermagem), Edeiza Ataliba (Enfermagem), Alexandre Lobo (Direito) e Patrícia Gomes (Direito).

Foi realizada uma mesa-redonda sobre Violência contra a Mulher e Enfrentamento, com a professora dra. Grayce Alencar e a Delegada de Defesa da Mulher do Município, Juliana Amaral. O Diretor Geral do Campus, professor Ivo Ferreira, representou, na ocasião, o Reitor da URCA, Professor Patrício Melo, salientando a importância da descentralização do Observatório para a Unidade.

Também marcaram presença no Auditório do Campus Multi-Institucional Humberto Teixeira, as Coordenadoras dos Cursos de Direito e Enfermagem, professoras Elizabeth Rodrigues, Natália Bastos, Coordenadora de Enfermagem, a Vice-Diretora da Unidade, Eduarda Rodrigues, Elânia Medeiros, do Núcleo Gestor Local do Observatório, Misrelma Moura, Pesquisadora do Observatório, Patrícia Gomes, do Curso de Direito da URCA e representante da OAB/Mulher Ceará, Wanessa Kelly, do Curso de Direito da URCA, pesquisadora de Violência contra à Mulher, em Iguatu, além de vários professores integrantes dos cursos da Unidade, alunos e representantes da sociedade local.

Universidade Regional do Cariri (URCA)

Núcleo de Comunicação

Telefones: (88) 3102-1213 – 9 – 8812.5525 ramal 2617

Twitter: @URCA_noticias

Facebook: facebook.com/urca30anos

www.urca.br – Crato, outubro de 2016.

Leia também



PATOM

Enquete