Operação conjunta das polícias civil e militar culmina com a prisão de trio acusado de matar “Amendoim” a tiros e pedradas na Faixa de Gaza, em Juazeiro do Norte

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Redação – Fotos: Arquivo/ Caririceara.com

A policia de Juazeiro Norte divulgou na tarde sábado (31/03) a prisão de um trio tido como autor de um homicídio ocorrido na madrugada do dia 04 de fevereiro deste ano na Rua Dom Bosco, bairro Santa Tereza área conhecida no município como “Faixa de Gaza”. A vítima, Francisco Alves da Costa Neto, de 31 anos, que era vulgarmente conhecido por “Amendoim” e residia no bairro Lagoa Seca foi assassinada com requintes de perversidade, alvejada a tiros e pedradas e sem ter chance de defesa.

Na manhã de hoje, na Vila Dom Bosco, na “Faixa de Gaza”, militares do Policiamento Ostensivo da 1ªCia/2º BPM, após diligencias em cumprimento a mandado de prisão preventiva expedido pelo Juízo da Primeira Vara Criminal de Juazeiro do Norte, prenderam o último indiciado no caso que estava em liberdade, José Weverton Nascimento Silva, apelidado por “Uepi”. Segundo o que dizem as investigações, ele praticou a ação criminosa na companhia de dois comparsas, um deles Cícero André Pereira da Silva, de 31 anos, mais conhecido por “Andrezin”, preso por força de mandado de prisão pelo sobre dito crime no dia 23/03/2018, também na Faixa de Gaza, em operação conjunta entre policiais Civis do Núcleo de Homicídios de Proteção a Pessoa e policiais militares do policiamento ostensivo da Companhia PM de Juazeiro do Norte. O terceiro envolvido na morte de “Amendoim”, Clebiomar Domingos Tragino, de 18 anos, vulgo “Bebê, teve sua prisão preventiva cumprida pelo crime em questão no dia 27/03/2018, estando o mesmo na Cadeia Pública de Juazeiro, onde este já se encontra preso, por crimes de tráfico de drogas e porte ilegal de arma.

De acordo com o que foi levantado no investigativo conduzido pelo delegado Giovanni Aquino, titular do NHPP da Delegacia Regional de Polícia Civil de Juazeiro do Norte, a vítima, que era usuária de drogas,  vinha sendo perseguida pelo trio “Uepi”, “Andrezin” e “Bebê”, que já detém vasta ficha criminal por tráfico de drogas, porte ilegal de armas e roubos, e é apontado como responsável por parte da comercialização de drogas na Faixa de Gaza e aterrorizava, com ameaças de morte, aos que se opunham a essas atividades ilegais, por supostamente estar delatando tais indivíduos. Ao fim das investigações que resultaram na identificação dos aludidos indivíduos e as circunstâncias do assassinato foram protocoladas as respectivas representações criminais pelas prisões dos indiciados, que tiveram parecer favorável do titular da Promotoria do Júri e deferido pelo juiz competente.

Colabore com a segurança pública fazendo a sua denúncia a Polícia Civil, seja através do 190 ou via WhatsApp Denúncia do NHPP 085-98828-9662, com garantia de SIGILO ABSOLUTO!

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados