Órgão Especial aprova promoções e remoção de juízes para comarcas do Interior

escolhida-2

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça do Ceará (TJCE) aprovou, nesta quinta-feira (12/05), a promoção de quatro juízes, sendo dois por merecimento e dois por antiguidade, além da remoção de uma magistrada para vagas em comarcas de Entrância Intermediária. A sessão, realizada na modalidade híbrida e transmitida, ao vivo, pelo Canal do TJCE no Youtube, foi conduzida pela chefe do Poder Judiciário estadual, desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira.

Em votação aberta e nominal, fundamentada pelos desembargadores do Órgão Especial, o juiz Felipe William Silva Gonçalves (Vara Única de Mucambo) foi eleito, por merecimento, para 2ª Vara Cível da Comarca de Tianguá. Também por merecimento, o juiz Airton Jorge de Sá Filho (Vara Única de Solonópole), assumirá a 2ª Vara Cível de Icó.

Já por antiguidade, a juíza Juliana Sampaio de Araújo (Vara Única de Guaiúba) foi promovida para 1ª Vara Cível de Aquiraz, enquanto o juiz Paulo Henrique Lima Soares (Vara Única de Itarema) foi escolhido para 2ª Vara Cível de Santa Quitéria.

Na mesma sessão, a juíza Leila Regina Corado Lobato (Juizado Auxiliar da 14ª Zona Judiciária) foi removida para 2ª Vara Cível de Aracati.

SAIBA MAIS

Após passar em concurso público, o juiz é empossado em uma comarca de Entrância Inicial (Vara Única), podendo ser promovido para as Entrâncias Intermediária e Final, ao longo da carreira. A remoção é a transferência de um magistrado para outra unidade de mesma Entrância. As comarcas são classificadas, administrativamente, em Entrância Inicial, Intermediária e Final, de acordo com alguns critérios, como o número de processos, quantidade de varas e população.

*Fonte: TJCE

Leia também



WhatsApp Image 2022-05-24 at 16.20.44

Enquete