Padre Edmilson Neves fala sobre o Dia de Reis

Padre Edmilson Neves - CRATO

João Vieira/Agência Caririceara.com
Colaboração do radialista Paulo Dimas
Foto: Divulgação

Dia 6 de janeiro é dia de Reis, ou dia dos 3 reis Magos, que por tradição, trouxeram presentes para o maior de todos os reis, o menino Jesus.

Cada um dos reis magos saiu de sua localidade de origem.
Baltazar saiu da África, levando para o menino mirra, um presente ofertado aos profetas. A mirra é um arbusto originário desse país, onde é extraída uma resina para preparação de medicamentos.
O presente do rei Gaspar, que partiu da Índia, foi o incenso, como alusão à sua divindade. Os incensos são queimados há milhões de anos para aromatizar os ambientes, espantando insetos e energias negativas, além de representar a fé, a espiritualidade.

Melchior ou Belchior partiu da Europa, levando ouro ao Messias, rei dos reis. O ouro simbolizava a nobreza e era oferecido apenas aos deuses.

Apesar de a maioria dos brasileiros não estar tão ligada quanto os europeus à Festa de Reis, inúmeras comunidades, principalmente no interior do Brasil, promovem os chamados Reisados ou Folias de Reis, festas folclóricas que receberam a influência das origens européias da celebração, mas que adotaram formas, cores e significados locais bastantes próprios de nosso povo na expressão que virou parte de nossa cultura.
Além das comemorações descritas acima, é hoje que as decorações natalinas são desfeitas.
Os enfeites são tirados das árvores, as guirlandas retiradas das portas, os presépios desmontados. Tudo é embalado cuidadosamente pelas famílias à espera do próximo Natal.
A Reportagem conversou com o Padre Edmilson Neves Cura da Sé Catedral em Crato, acerca do dia de Reis……………………………….

Padre Edmilson Neves destaca a celebração da Igreja no dia de Reis………………………..

Leia também



PATOM
IMG-20220706-WA0003

Enquete