Pedreiro suspeito de matar mulher em Assaré, é executado com três tiros na cabeça manhã deste domingo

DA AGÊNCIA CARIRICEARA
Jota Lopes – Foto: Caririceara.com

O pedreiro Josivaldo Pereira dos Santos, 43 anos que residia na Rua Raimundo Mendes Rates, 118, Bairro Parque de Vaquejada, em Assaré-CE morreu por volta das por volta das 10h15min deste domingo (26) ao ser atingido com três tiros na cabeça. O crime aconteceu no Sítio Limão, a cerca de 08 km da sede do município de Assaré-CE.

A patrulha policial militar composta pelo Sargento Josenaldo, Soldados Aluizio e Palmeira, ao tomar ciência do ocorrido compareceu ao local vindo a apurar junto a companheira da vítima, a dona de casa Jandira Alves Costa, a qual bastante abalada, relatou que Josivaldo estava trabalhando de pedreiro na companhia de Antônio Alves dos Santos, nos fundos de uma casa no referido sítio, enquanto ela se encontrava em outra residência vizinha quando dois homens não identificados chegaram numa motocicleta de características não anotadas, ambos usando capacetes, um deles desceu do veículo, tirou o capacete e pediu um copo com água.

Nesse intervalo de tempo, o desconhecido perguntou se tinha mais alguém no imóvel, ficando a mesma calada por achar estranho a pergunta do homem e fechou a porta da frente. Em seguida, acrescentou a mulher, ouviu três estampidos de disparos  de arma de fogo.

Ao Perguntada pelo militares se ela sabia  o que levou os acusados a matarem seu companheiro, Jandira afirmou, diz policia de não saber nada sobre a motivação do crime, apenas de  conversas paralelas de que a vítima supostamente estaria envolvida na morte da agricultora aposentada, Antônia Pereira de Oliveira, 69 anos, fato acontecido na noite da última quinta-feira, dia 23/05, também naquele sítio, mas que a mesma não tinha nada haver com a morte da idosa.

SAIBA MAIS

Já a testemunha do homicídio contra o pedreiro, a pessoa de Antônio, disse  aos poli ciais que os dois estavam trabalhando quando foram surpreendidos pela a dupla acusada que pediu para que eles colocassem as mãos para cima e um deles de posse de uma arma de fogo atirou três vezes à altura da cabeça do seu colega de trabalho que morreu no local.

Após o ato criminoso, os acusados empreenderam fuga tomando rumo ignorado. Diligências foram  realizadas pela PM, bem como foi acionado o Rabecão da Perícia Forense do Cariri que transladou o corpo de Josivaldo para autópsia.

 A republicação é gratuita desde que citada a fonte.

 

Leia também



Multiservice - Fauston
Top Móveis_Crato Janeiro 2020

Enquete

Qual sua avaliação das ações do governo do presidente Jair Bolsonaro?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...
© Copyright 2019 — Caririceara.com. Todos os direitos reservados